04/12/2014

Parte 28-Love Me Or Love Me Not


Por Juliana Marin'
Eu sei que ficar chorando no quarto por dias e dias não adiantaria nada mas assim foi.Eu estava tão brava,irritada com o Harry que tive vontade de socar a parede
-Ei-Alice me chamou-você não pode ficar aqui para sempre e matar aula por causa do Harry
-Eu sei,Ali.Mas eu não aguento olhar para ele e para a Sarah.-eu bufei-Eu não consigo fazer isso
-Consegue sim e vai fazer isso pelo seu bem e além do mais pare de ser idiota Juliana!-eu arregalei os olhos-Ele te ama,ele te disse isso um milhão de vezes e você o fez parecer idiota e bobo esse um milhão de vezes.Ele cansou de lutar por seu amor mas está muito claro que você o ama.Então vá atrás dele,deixe de ser cabeça dura e teimosa
-Alice,você não entende?Ele dormiu com a Sarah-eu bufei e mordi meus lábios-Eles...
-Mas você sabe muito bem porque ele deixou que ele e a Sarah transassem.Porque ele achou que você o odiava.E isso quebrou o coração dele e ele estava tentando concertar o coração dele.Não o culpe,Ju.Seja esperta e vá atrás de quem você ama.Ou pelo menos saia desse quarto.Vamos para uma festa hoje a noite-eu assenti e ela saiu
Eu sabia que uma grande parte da causa do Harry ter transado com a Sarah foi minha culpa mas eu não consigo simplesmente perdoá-lo.Mas eu também sabia que se eu não fizesse nada,eu o perderia para sempre.E para sempre era um tempo muito grande para ficar longe dele.
Por Candice Accola'
-Nina,eu não sei se devo fazer isso-eu disse tremendo minhas mãos-E se o Joseph realmente gostar dessa menina?-Nina gargalhou e depois sorriu para mim
-Candice,eu vou bater em você-Nina me lançou um olhar de "vou te matar" e eu recuei com medo do olhar dela
-Olá meninas-Ian deu um beijo em Nina e se sentou ao lado dela e depois ficou olhando de Nina para mim-O que foi?
-Candice está com receio de falar para o Joseph que o ama por causa da garota com quem ele está ficando-eu arregalei os olhos e Nina sorriu-O que você acha,Ian?
-Candice-Ian gargalhou-ele te ama e faça isso,por favor.Aquela menina é uma vadia que só quer saber de status social e sexo.Ela não o merece e nunca vai merecer-ele disse como se a conhecesse há muito tempo
Nina me olhou com uma cara de quem fala "eu te disse" mas eu a ignorei.Eu estava encarando Joseph e a tal menina se beijando.Ela é realmente linda mas meu coração apertou quando eu os vi se beijando.
-Você está encarando eles-Ian sussurrou para mim-E agora eles estão vindo para cá-eu o fuzilei com os olhos e ele gargalhou
-Cale-se Ian Somerhalder-eu brinquei e todos nós caímos na gargalhada e Joseph e a garota chegaram até nós
Não fale besteira pensei para mim mesma.Pelo menos não agora.Eu tenho que entender o que é realmente necessário e importante para mim.
-Joseph,Ashley-Ian sorriu-Ashley posso te mostrar a escola?
-Não,o Joseph já me mostrou-ela sorriu amargamente e Ian revirou os olhos-Eu estou ótima aqui-ela o encarou 
-Pode ir,Ashley.Eu alcanço você mais tarde-ela começou a falar um "mas...mas"-Ashley,vá-ela assentiu irritada e foi atrás de Ian sumindo de nossa vista 
-Eu vou procurar a Alice-Nina disse meio sem graça e saiu correndo
Estávamos só eu e Joseph e meu estômago começou a revirar e meu coração batia cada vez mais forte.Sim,eu realmente estava apaixonada por ele.
-Candice,você está bem?-eu assenti com a cabeça escondendo o meu choro e Mike apareceu sorrindo amargamente para nós dois
-Mike?-ele me puxou pelo braço até ele e me encarou com ódio nos olhos
-Você vai abortar-ele sussurrou-e fim de conversa-ele me soltou com força o que deixou uma marca vermelha no braço e saiu
O que?Eu pensei.Eu não iria abortar meu bebê,não iria tirar a vida de uma criança só porque ele quer.Este também é o meu bebê.
-Candice?-levantei minha cabeça e vi Joseph-O que aconteceu?Você está bem?-seu tom de voz estava preocupado como se o toque dele pudesse me machucar
-Ele quer que eu faça aborto-tentei segurar minhas lágrimas mas elas escorreram-Eu não...-ele me puxou delicadamente e me abraçou
-Eu sei,eu sei que não quer e você não precisa se não quiser.Não vou deixar nada acontecer a você ou ao bebê-ele sorriu e eu o abracei mais forte-Você é minha melhor amiga,sabe disso certo?-eu fiz sim com a cabeça e eu comecei a chorar mais intensamente-Candice?
-Obrigada,JoMo-eu respirei fundo e suspirei-Olhe-eu me separei do abraço-eu preciso te dizer uma coisa que está entalada na minha garganta.-ele assentiu-Eu amo você e sempre te amei.Achei que o Mike me faria bem mas você está certo,ele só me usou para fazer sexo.E eu não sei o que seria da minha vida sem você.Você é meu melhor amigo,você me entende como ninguém,você sempre sabe o que se passa pela minha cabeça e sabe me confortar quando eu mais preciso.O problema é que eu preciso mais do que isso.Eu preciso do seu carinho,de sua confiança e de seu amor.Porque eu amo você e queria poder voltar ao passado e ter escolhido você em vez do Mike porque você é e sempre será meu amor e o único namorado que eu quero ter.
Eu olhei para Joseph e não conseguia decifrar sua reação.Alegria,espanto,surpresa?Como eu saberia?
-Por que você não me disse isso antes?-eu abri a boca para falar mas ele tapou minha boca-Eu amo você,Candice Accola e você deveria saber disso.Até porque todos sabem-eu gargalhei e sorri-Você quer ser minha namorada?
-Sim-eu sorri e ele me beijou-Mas e a Ashley?
-Então,esse é um pequeno problema que eu preciso resolver de um jeito ou de outro.Você espera eu resolver esse pequeno problema?-eu sorri e o abracei
-Mas é claro JoMo,eu esperaria a eternidade por você-seu sorriso se alargou na hora e uma lágrima saiu de seu olho direito
Por Ian Somerhalder'
Ashley começou a andar rápido mas eu a alcancei.Eu segurei seu braço para que ela parasse mas ela continuou.
-Ashley-eu a chamei e ela bufou-Pare de ser mimada e pare por um segundo-ela parou e se virou para mim
-O que você quer de mim,Ian?-ela disse irritada-Porque pedir desculpas com certeza não é-ela revirou os olhos
-Ashley,pare de agir assim como se você fosse a vítima.Porque sinceramente o Joseph não te merece.Não sei o que você disse a ele mas a verdade é que não foi-ela gargalhou e se sentou no banco mais próximo-Você tem que sair daqui,Ashley.Você pode até ser minha irmã de sangue mas nunca será minha irmã de coração.O que você fez é irreparável.
-Você fala como se eu tivesse matado alguém-ela sorri-E você não ouse contar ao Joseph que sou sua irmã.Ou eu faço da sua vida um inferno e sabe que eu consigo fazer isso muito bem-ela me fitou e eu recuei
-O que quer que esteja aprontando pare agora Ashley.Você não pode simplesmente entrar na minha vida como se tudo estivesse ótimo-eu suspirei fundo e ela gargalhou
-Ah não?Veremos 
Por Alice Castro'
-Então vamos para uma festa hoje?-eu perguntei animada
-É claro,eu consigo os ingressos para todos-Nina sorriu animada-e Ali,não deixe os outros te julgarem daquele jeito.Elas são muito baixas.Você é uma menina tão incrível e meiga que merece tudo do melhor-eu sorri e a abracei
-Eu sei,obrigada Nina-eu abaixei o olhar para os meus pés-mas eu vou ficar bem,eu prometo
-Bom-Nina começou a falar olhando para o celular-consegui 10 ingressos.Vamos nos divertir um pouco hoje?
{...} Horas depois
-Está linda-eu disse para Juliana que sorriu tímida e corou-Aliás,todos estão muito bem vestidos certo?
-Mas é claro,especialmente você-Niall me puxou pela cintura e me beijou-Você está linda,simplesmente linda-eu sorri e o abracei
Todos estavam ali menos Thaysa e Logan é claro.Mas estavam todos muito lindos.Nós entramos na festa e vimos Katherine e Sarah cochichando sobre algo e depois Ashley apareceu e veio até nós.
-Oi!-ela sorriu e puxou Joseph pelo braço o levando para longe de nós o que nos deixou um pouco confusos pois achamos que ela se juntaria a nós
Por Harry Styles'
Juliana estava muito linda na festa mas ela não olhava para mim e estava com uma cara emburrada.Eu fui até ela mas ela desviou o olhar
-Ju-eu a chamei mas ela fingiu que não havia me escutado-Juliana,pare de ser ridícula e olhe para mim.-ela bufou e olhou em minha direção-Eu não estou te pedindo para me perdoar completamente pelo o que eu fiz mas eu queria que voltássemos a ser amigos.Eu sinto sua falta,Ju-peguei na mão dela e beijei-E a propósito,você está muito linda-ela sorriu e corou-E fica mais linda ainda corada-ela gargalhou e sorriu
-É claro Harry,vamos ser amigos-ela sorriu e eu a abracei-Vamos dançar?Não quero ficar parada,você sabe como eu odeio ficar parada certo?Porque eu odeio e muito...-ela tagarelava muito,com certeza e sem parar.Eu não tinha a menor chance de falar alguma coisa-...a Ali e o Niall ficam muito fofos juntos mas não ouse contar a eles
-Vamos dançar-eu sorri e me levantei-Afinal,melhores amigos dançam juntos-ela sorriu e eu estendi a mão para ela que pegou e se levantou
Nós fomos até a pista de dança e estava tocando "Titanium-David Guetta".Nós começamos e dançar e sempre que eu olhava para ela,eu via a Juliana pela qual eu me apaixonei.O sorriso pelo qual eu nunca havia me esquecido e sonhado todos os dias.E hoje é o dia em que eu estou dançando com a pessoa mais linda dessa festa.
Por Joseph Morgan'
Ashley me puxou pelo braço e me levou para a pista de dança que estava tocando uma música muito lenta.Nós dançamos e eu percebi que Candice nos olhava a cada segundo.E é claro que ela tinha todo o direito.
-Ashley,eu preciso falar com você.É importante-ela assentiu e sorriu e eu a puxei para um canto-É o seguinte.Isso,nós não pode continuar-sua expressão mudou completamente-Porque eu não estou preparado para outra relação quando eu ainda amo outra pessoa
-Mas Joseph-ela começou a falar e a se aproximar de mim-você não pode estar falando sério-ela me colocou contra a parede e seus lábios estavam quase tocando os meus
-Eu estou falando sério-eu me soltei dela e a encarei-eu não amo você,eu amo outra pessoa e você deve entender isso de uma vez por todas.Entenda isso,eu amo a Candice.Me desculpe se eu fiz você se apaixonar por mim,eu realmente sinto muito mas eu não sinto a mesma coisa por você.-ela me encarava atônita e depois me colocou de volta contra a aparede e quando eu tentei me soltar dela eu não consegui
E atrás dela apareceu a pessoa que eu menos queria ver agora.Katherine.Por que tudo o que acontece de ruim ou que está dando errado tem a ver com essa mulher mimada que ama atrapalhar a vida dos outros?
-Ora,ora JoMo-ela gargalhou e depois sorriu maliciosamente para mim-a quanto tempo que eu não falo com você.Eu queria pedir um favor para você-os olhos dela brilharam de alegria eu imagino e depois me encarou-Um pequeno favor.
-Um pequeno favor?-a garota assentiu-E por que eu faria qualquer coisa para você?Você simplesmente destruiu minha vida e você quer que eu faça um pequeno favor?
-É claro,essa conversa de novo.Mas agora é diferente,Joseph.Você tem seus pais adotivos e os verdadeiros e eu sei que os dois precisam de dinheiro para se sustentar e você não tem onde arranjar e fica muito mimado não querendo pedir dinheiro emprestado para ninguém.Nem mesmo para a sua amada-a palavra amada ela disse com uma maior intensidade-Então faremos o seguinte,você faz esse pequeno favor para mim e eu te dou o dinheiro.Eu arrumo o dinheiro necessário para suas duas famílias e você não precisa pagar para mim de volta
Sim,é claro era uma oferta tentadora mas nada que saia da Katherine era algo bom.Sempre querendo prejudicar todos.Mas por outro lado,meus pais precisavam disso e a única pessoa que poderia me oferecer isso era Katherine.
-Tudo bem,o que você quer?-eu disse impaciente e ela sorriu para mim-O que é que você vai destruir dessa vez?
-Simplesmente tudo-ela sorriu-É o seguinte é muito simples.Só quero que você leve o Ian para a porta do banheiro.É só isso-ela sorriu e depois saiu
Eu não estava acreditando que estava fazendo aquilo,eu estava trabalhando para Katherine de novo.Ashley sorriu para mim maliciosamente e eu desviei o olhar.Estava procurando por Candice mas não a achava em lugar algum.
-Joseph,olhe para mim-ela passou a mão pelo meu rosto-a Candice sua tão amada Candice pelo jeito foi embora-ela apontou para uma menina loira linda saindo da festa
-O que?Mas isso não...-ela me interrompeu
-Ela ir embora?Desistir de você?Isso não faz sentido para você?Sério mesmo,Joseph?Eu achei que você não seria burro o suficiente.Ela está grávida,Joseph.Ela está grávida de outro.Por que você achou que ela ficaria com você?
As palavras dela não deveriam ter impacto nenhum sobre mim mas elas tiveram."Por que você achou que ela ficaria com você?"Por um simples motivo:eu a amava mais que tudo nessa vida e estava cansado de sofrer por amor.Eu sai da frente dela e fui até Ian.Eu acabaria de arrependendo do que eu estou prestes a fazer mas aqui vamos nós.
-Ian será que eu posso falar com você?É dois minutinhos.
-É claro-nós fomos até a porta do banheiro-Diga,Joseph.Você está pálido,o que aconteceu?
-A Candice foi embora,não foi?-Ian hesitou e depois suspirou-E eu vou perdê-la de novo Ian?Como eu posso ser tão azarado no amor?Como eu..
-Joseph,eu vi você conversando com a Ashley.Não escute nem sequer uma palavra que ela diga.Se você acha a Katherine ruim,a Ashley é pior em todos os aspectos possíveis.-eu o encarei.Ele a conhecia tanto assim?-Sim,eu a conheço muito bem.Ela é minha irmã,a irmã que eu tanto odeio.Agora vá atrás da Candice,ninguém sabe o que aconteceu com ela.-eu assenti e sai e quando olhei para o Ian do canto do meu olho vi Katherine do lado dele.E o que eu fiz?Nada.E essa com certeza vai ser uma das coisas que eu mais me arrependerei na vida.Ian é meu melhor amigo desde que eu me conheço por gente e agora eu estou estragando o relacionamento dele com a Nina,uma das minhas melhores amigas e uma das meninas mais carinhosas e meigas que eu conheço.Ótimo,minha vida está desabando.
Heeeeey meninas do meu coração <33333
Mil desculpas pela demora.Eu tinha completamente esquecido essa fanfic mas daí esses dias eu lembrei que tinha que tinha que escrever e por sorte eu já tinha feito um rascunho desse capítulo então eu só terminei ele.O capítulo ficou meio grande mas eu realmente espero que gostem.E Thaysa não me mate por não te colocar nesse capítulo hahahah
Beeeeeeeeeijos <333
Laah <4



19/08/2014

Parte 27-Good Trip

Por Candice Accola'
Quando eu disse aquilo,ele me fitou com uma raiva nos olhos dele que me deu medo.Ele se virou para mim,deu um suspiro e ele finalmente falou.
-Você só pode estar de brincadeira,Candice!-ele disse irritado
-Pois eu não estou.É a pura verdade,eu comprei na farmácia o teste de gravidez e fiz dez vezes.E todas as dez vezes deu positivo-eu o olhei com lágrimas nós olhos
-Saia daqui-eu o olhei incrédulo-Agora,Candice!-eu estava saindo chorando e ele me deu um tapa-E isso é por você ter engravidado
-Agora é minha culpa?Eu não engravidei porque quis,mas agora já era e eu vou ter essa criança e amá-la como ela deve e você deveria pensar assim também já que você será pai,Mike-eu disse e sai do quarto
Quando sai do quarto,vi um bando de meninos me olhando incrédula e me encarando como se eu fosse a vilã da história.Eu os ignorei e fui em direção ao meu quarto quando alguém agarrou minha mão.Eu congelei mas depois percebi que era Joseph e fiquei aliviada.
-Você está bem?-ele me perguntou preocupado e eu fiz que não com a cabeça-Candice-ele começou a falar e eu o abracei-você quer falar sobre isso?-eu fiz não com a cabeça e ele assentiu-Mas eu acho que você deveria dar a ele um tempo para pensar.Para ele processar o que aconteceu.
-Joseph,ele me deu um tapa na cara.-eu suspirei e ele me fitou
-Ele o que?-uma garota estava se aproximando de nós e eu a fitei e quando ela chegou até nós Joseph,ele nos apresentou-Can,essa é a Ashley.Ashley essa é a Candice,minha melhor amiga
Aquilo não deveria ter me afetado mas me afetou assim como ele dizer "melhor amiga".o que é que eu estava pensando?Eu estava grávida de outro cara.A garota sorriu para mim e dei o sorriso mais falso que já consegui fazer e Joseph percebeu.
-Acho que vou procurar a Nina-eu disse para Joseph-obrigada por tudo,JoMo
-Se você ver o Ian diga a ele que preciso falar com ele-eu assenti e saí andando

Por Logan Lerman'
Eu estava em meu quarto empacotando minhas malas para a audição do filme lá no Canadá.Eu não estava acreditando que eu estava fazendo isso.Era como um sonho.
-Oi-Thaysa disse entrando no quarto e eu sorri-Quer que eu vá na sua mala também?
-Eu quero-eu ri e ela veio até mim e me abraçou-você sabe que eu te amo,certo?-ela fez sim com a cabeça-Porque eu tenho certeza de uma coisa.Você é o amor da minha vida-o rosto dela se iluminou e abriu-se um grande sorriso-Eu te amo Thaysa Yasmin-ela sorriu e me beijou
Essa seria minha melhor lembrança antes de embarcar em um vôo para o Canadá.Eu a amava e ela me amava e isso era tudo que importava para mim.
-Eu também te amo muito,Logan-ela sorriu-não se esqueça de mim,não esqueça de ligar para mim.Eu vou sentir tanto sua falta-ela segurou minha mão-você também é o amor da minha vida-eu sorri e a beijei-Logan,venha aqui.Quero te mostrar uma coisa-Thaysa me pegou pelo braço e me levou até o salão de festas e lá estavam todos:Nina,Ian,Candice,Joseph,Juliana,Harry,Alice e Niall e eles estavam segurando uma placa de "Boa Viagem.Vamos sentir sua falta" com vários balões
-Pessoal-eu disse-vocês não..
-É claro que precisávamos,Logan-Nina disse vindo em minha direção-você é nosso amigo e isso não vai mudar assim tão cedo-eu ri e a abracei
-Obrigada Nina,obrigada pessoal.-eu sorri e depois de falar com todos fui para meu quarto terminar de arrumar minhas coisas
-Logan,eu posso te acompanhar até o aeroporto?-Thaysa me perguntou sentando-se ao meu lado-Por favor?
-É claro-eu sorri e beijei sua testa

Por Joseph Morgan'
Eu estava sentado no banco refletindo sobre tudo o que Candice havia me contado.Ela estava grávida de Mike e isso me deixou muito irritado pois eu ainda a amava mesmo tentando não amar.Mas por outro lado,ela é minha melhor amiga e ela precisava de um ombro amigo.
-Oi-Ashley disse e se sentou ao meu lado-eu acho que sua amiga Candice,me odeia-eu gargalhei
-Ela só precisa se acostumar com a idéia.É que nós sempre vivíamos em um mesmo grupo pois a maioria das pessoas que entravam nessa escola,eram metidas e ricas e nós não éramos assim e ainda não somos-eu ri-Ela só está passando por um momento difícil
-Ah,sim-ela assentiu-Então por que é que eu ouvi falar que a Sarah é namorada do Harry?
-Porque é uma história muito estranha-ela riu-Mas ele não a ama de verdade,então do que adianta,certo?
-Ele está tentando esquecer alguém?-eu assenti-talvez funcione ou talvez não.Você nunca sabe até tentar-ela sorriu e segurou minha mão-Naquele dia da boate,você estava tentando esquecer a Candice?Foi por isso que me beijou e saiu correndo?E depois se arrependeu de ter me beijado?-eu fitei o chão e não sabia bem como responder
-Bem,sim.Eu ainda a amava e ainda amo.E isso não vai mudar tão cedo,Ashley.Me desculpe-eu disse por fim e estava me levantando quando ela me puxou
-Por favor Joseph,se não der certo não tem problema.Mas eu me apaixonei por você-eu não sabia o que responder mas antes que eu dissesse algo ela me puxou e me beijou

Por Niall Horan'
-Ali-eu a vi sentada em um banco chorando e em volta dela havia 5 garotas que eu não reconheci-Alice?-eu fui até ela e as meninas me encararam e reviraram os olhos-o que aconteceu?-ela se levantou e me abraçou
-Me tire daqui,por favor-ela sussurrou e eu assenti
-Vamos Ali-eu a puxei e todas as meninas ficaram encarando Alice-o que aconteceu?-ela começou e chorar e eu a abracei-Venha,vamos para o meu quarto-eu a levei para o meu quarto e ela se sentou na cama-Agora me diga o que aconteceu
- Elas estavam me zoando, Niall... - começara ela, com a voz bem mais controlada. - Elas sabem que o Sr. Maxfield é o meu verdadeiro pai, Niall...

Por Nina Dobrev'
- Nina! Nina! - virei-me na direção daquela voz que me chamava e vi Candice correndo em minha direção. 
- Candice, que susto! - exclamei, soltando uma risada fraca. No entanto, logo percebi que poucas lágrimas corriam por seu rosto, o que me fez arregalar os olhos. - Candice, o que aconteceu..? 
- Nada importante, Nina. - a loira soltou aquilo com um certo tom rancoroso em sua voz. Arqueei levemente as minhas sobrancelhas. Mas logo ela começou a chorar, e eu instantaneamente aproximei-me a ela, abraçando-a. - Ele é um idiota, Nina... - murmurara ela, em meio ao choro, retribuindo o abraço com força.
- O que... - hesitei-me antes mesmo de terminar a pergunta. Porém, logo minha mente clareou. - Você contou para o Mike sobre a gravidez? - Candice bufou alto.
- Ele... ele não vai ser o pai, Nina. - ela fungou alto. - E ainda deu um tapa na minha cara...
- O que? - interrompi, arregalando os olhos. Separei-me do abraço, completamente horrorizada com o que ela acabara de contar. - Quem aquele filho da puta é para, depois de tudo isso, dar um tapa na sua cara?!
- Eu estou pouco me lixando para isso, Nina! - admitira ela, o que realmente me surpreendeu.
- Então qual é o problema?
- O problema é que... - ela começara, e então abaixou seus olhos. - Eu sou uma idiota. Argh, como eu sou uma idiota! Eu larguei o Joseph, e ainda depois tentei substituí-lo pela merda do Mike! Ele é uma merda que só pensa em transar comigo, Nina! Como eu pude pensar que eu o amava, assim como eu amo o Joseph...
- Você o ama? - indaguei, de repente. Ela, no entanto, pareceu ficar um tanto confusa com aquilo. - O Joseph, você realmente o ama?
- Eu... isso realmente não importa, Nina! Não agora... - ela elevou o seu tom de voz, o que novamente me surpreendeu. - Eu vi ele beijando uma outra garota lá, um pouco depois de ter conversado com ele...
- E..? - ela levantou suas sobrancelhas. - Candice, já passou pela sua cabeça que ele tenha tentado fazer o mesmo que você? Que ele esteja tentando te substituir, exatamente como você tentou? - após ter dito aquilo, ela simplesmente se calou.
- Todo mundo sabe que ele te ama, Candice. Por que você não faz o favor de engolir esse orgulho e resolverem isso de uma vez? - só então ela tornara a levantar seus olhos para mim. Ela estava definitivamente chocada com tudo aquilo que eu acabara de falar.

Por Thaysa Yasmin'
Depois de passar mais ou menos uns cinco minutos desde que estávamos naquele táxi, eu deitei a minha cabeça em seu ombro. Eu não podia ver, mas tinha certeza absoluta de que Logan estava sorrindo. Ele também apoiara a sua cabeça na minha, e então pensei que ele fosse dar um beijo no topo da minha cabeça, mas na verdade ele apenas pareceu cheirar meus cabelos. Soltei uma risada fraca e espontânea. Fechei meus olhos, quase instantaneamente.
Permanecemos naquele silêncio até que finalmente (ou infelizmente) o motorista nos avisasse que estávamos quase chegando ao nosso destino. Logan suspirara fundo, levantando sua cabeça, o que me fez levantar a minha também. Ele mirou seus olhos para janela, mas no fundo eu sabia que ele sequer estava prestando atenção na vista afora. Só então percebi que lágrimas, poucas lágrimas, caiam de seus olhos. Arregalei os meus olhos, realmente surpresa com aquilo.
- Logan, você está chorando? - perguntei, sem sequer me preocupar em disfarçar a minha reação, e só depois de ter feito isso que percebi o quão indelicada aquilo havia soado.
Logan, no entanto, pareceu realmente não ter se importado com aquilo, pois logo soltara uma risada fraca. Ele ainda olhava para a janela, mesmo não tendo exatamente um foco.
- Thaysa, nós precisamos conversar... - ele de repente dissera. Seu tom era um tanto sério, e isso me assustou um pouco.
- Conversar?
- Hm, acho que é melhor nos despedirmos agora. - explicara ele. - Porque depois vai ficar meio corrido, até porque tem meus pais e eles realmente vão fazer drama em relação à despedida...
- Hm, tudo bem Logan. Quero dizer, nós já conversamos bastante, e eu realmente não gosto de despedidas. - isso era realmente verdade. Eu odiava despedidas.
No entanto, Logan logo virara-se para mim, encarando-me com seus olhos tão azuis. Ele novamente pegara em minhas mãos, mas dessa vez sem apertar tanto.
- Mas eu preciso dizer isso, Thay. - eu franzi minha testa diante àquilo. - Olha, eu realmente preciso me despedir...
- Logan. - interrompi-o, falando de maneira o mais gentil possível. - Acho que nós já conversamos bastante, e afinal, você vai me ligar todo dia, não é? Vamos só... curtir esse momento... - ele bufou alto.
- Olha Thay, você só precisa escutar, tudo bem? - ele levantou um pouco a sua voz ao dizer aquilo. Mas no fim acabei por hesitar, bufando alto. Ele, no entanto, respirou fundo e começou a falar. - Thaysa, eu... realmente não sei por onde começar...
" Olha, Thay, eu sei que nos conhecemos faz um certo tempo, e sempre você foi aquela pessoa especial para mim, quero dizer, assim como todos os meus amigos; no entanto era isso que você era, uma amiga. Quero dizer, eu nunca iria imaginar que eu realmente fosse me apaixonar por essa minha amiga, não até aquele dia, naquele exato momento em que eu achara no chão aquele caderninho com a capa azul, rotulado com o seu nome. Eu sabia que você escrevia bem, Thay, mas realmente... eu realmente havia me apaixonado por aquelas histórias! E foi naquele momento, quando você havia me visto folheando o seu caderno, quando você sorriu para mim depois de eu tê-la elogiado... Foi naquele momento que eu realmente havia percebido que meus sentimentos por você haviam mudado..."
" E depois daquilo esse meu novo sentimento foi apenas aumentando, e aumentando, e aumentando. Todas as vezes que eu me encontrava com você, cara, eu sentia como se nada mais importasse senão a sua presença. E quando eu havia te convidado para ir naquela balada, e você trouxe todo mundo para ir junto com a gente? Juro que tive vontade de mandar todo mundo embora só para ter aquele noite só para nós, quem sabe uma chance de eu poder me abrir com você? ..."
" E tantas coisas ficaram no nosso caminho, eu acho. Lembra daquele carinha, Ramon era o nome dele? E quando você havia dito que me amava, eu juro que não sabia se poderia acreditar ou não... porque era algo que eu desejava tanto... algo que eu desejava tanto, algo com qual eu tanto sonhava... Thaysa, você é tão especial para mim! E juro que todo dia eu acordo sem saber realmente se tudo o que aconteceu foi um sonho, e fico tão feliz e agradecido em saber que não foi!"
" Todos os seus sorrisos, todas as suas risadas, todos os seus abraços, todos os seus beijos, todos os seus 'eu te amo'... Eu não sei realmente como... como agradecer por ter colocado você na minha vida, por ter feito eu me apaixonado por uma mulher tão maravilhosa quanto você. Por que é isso que você é Thaysa Yasmin. E eu sei que talvez eu poderia simplesmente ter dito um 'eu te amo', mas acho que isso não seria o suficiente para descrever o quanto eu te amo. Thay... eu acho que você é a coisa mais importante na minha vida!"
Ele então hesitou, e pôs-se a encarar-me, como se esperasse uma resposta diante a tudo aquilo que havia dito. Eu estava com os olhos arregalados, surpreendida e emocionada com tal discurso. Como Logan conseguia fazer aquilo? Como Logan conseguia dizer todas aquelas palavras... Como ele sempre conseguia me surpreender?
E quando eu percebi eu já estava abraçando-o com força, com lágrimas molhando o meu rosto. Mas eu nem me importava com aquilo.
- Logan... eu não sei o que... dizer... - tentava dizer em meio aos tantos soluços. Ele retribuía o abraço com a mesma força. - Eu te amo tanto, e... eu não sei o que dizer...
- Você não precisa dizer nada. - Logan pegou em meu rosto de maneira gentil e selou meus lábios. E eu senti como se fogos de artifício estourassem em meu interior.
- Eu mudei de ideia. - voltei a falar, quando a falta de ar finalmente me alcançou. - Você vai ter que me ligar todo dia, mas não só uma vez. Três vezes, no mínimo. - Logan soltou uma risada um tanto escandalosa, o que me fez rir também. Eu então aproximei-me novamente e beijei-o com mais vontade, desejando que nunca precisamos cessar aquele beijo. Mas precisaríamos, infelizmente precisaríamos.

15/07/2014

Parte 26-Pregnant?


Por Juliana Marin'
Eu sabia que o meu relacionamento com o Harry não seria fácil,mas não achei que seria tão difícil assim.E principalmente,não achei que ele iria ser o cara que me magoaria profundamente.Acho que eu nunca havia sentido tanta dor do coração como agora.
-Ju,tem certeza que quer ficar sozinha?-Thaysa me perguntou aflita e eu fiz sim com a cabeça-Tudo bem então,qualquer coisa,eu estou com o celular.-eu assenti e ela saiu
A minha maior vontade nesse momento era socar aquela vadia da Sarah até ela morrer.Ela roubou a única pessoa que eu mais amava nesse mundo.Eu realmente não estava bem,então deitei na cama e tentei dormir mas não conseguia de jeito nenhum.E as lágrimas não paravam de escorrer dos meus olhos.Alguém estava batendo na porta e eu fu atender.Quando abri a porta,vi Harry ali.
-Harry,o que você está fazendo aqui?
-Nós precisamos conversar,Ju.Por favor-ele disse calmamente-vamos conversar
-Nós não temos nada para conversar,Harry.Eu já entendi seu recado,você não me quer mais então fique à vontade para fazer o que você quiser da sua vida.Afinal,você tem todo o direito,não é?-eu comecei a chorar mas me controlei-Sai daqui Harry,agora!
-Juliana...
-Sai Harry!Você já não me magoou o suficiente?-eu fechei a porta na cara dele e desabei,comecei a chorar muito.
O que é que eu estava fazendo com a minha vida?Eu não faço idéia,por que é que eu amo alguém que me faz sofrer tanto?
Por Candice Accola'
No dia seguinte,quando eu e Mike entramos para a aula,todos estavam cochichando e apontando.No começo,eu achei que era eu,mas quando percebi estavam apontando para Harry e Sarah.Nessa hora,olhei para Juliana que estava chorando.
-Já venho-disse para Mike e fui em direção a Juliana que estava sentada sozinha em um canto da sala-Oi Ju,você tá bem?-ela fez que não com a cabeça e eu a abracei
-Digam oi para o novo casal mais popular daqui,eu e Harry-Sarah disse toda animada e Harry a olhou incrédulo-E só para constatar,nossa noite foi maravilhosa-ela fez o som de um gemido e começou a rir
-O que?-Juliana disse indignada com o que acabara de ouvir-Eles transaram?Não,agora chega.Agora eles vão ouvir.
-Espera onde você vai?-ela levantou e saiu correndo
Mike veio até mim e me pegou no colo e cochichou um "Eu te amo" e depois me beijou.Eu mandei ele me deixar no chão mas ele se recusava.Como o professor havia se atrasado,a diretoria avisou que não teríamos a primeira aula,portanto não havia ninguém na sala.Quando Mike finalmente me colocou no chão,ele me pressionou contra a parede e começou a me beijar.Percebi que Joseph me chamava mas quando eu tentava responder,Mike me pressionava mais e queria cada vez mais orgasmos e sexo,já que ele ficava passando seus dedos por cima da minha calça pelos meus lugares íntimos.
-Mike,pare com isso aqui.Por favor.
-Você prometeu-ele disse
-Eu sei Mike
Mas no fundo,eu não sabia como evitar Joseph ou contar-lhe o que eu prometi porque eu sabia que ele não iria gostar e sair ressentido com isso.E quando eu tive a coragem de contá-lo ele reagiu tão mal,saiu tão nervoso que achei que havia feito a maior merda da minha vida.
Algumas semanas se passaram e havia algo me incomodando que estava me causando muito desespero.Já era hora de vir minha menstruação mas não havia vindo.E fazia mais de um mês que não vinha.Portanto fui correndo desesperada falar com a Nina.
-Nina!-eu a encontrei e a chamei-eu preciso da ajuda,mais do que tudo-eu disse desesperada-venha aqui-eu a puxei para um canto
-Diga,Candice!Você está me deixando preocupada.
-Faz mais de um mês que minha menstruação não vem,e isso nunca me aconteceu Nina.Você acha que eu...?
-Você tem transado com ele ultimamente?-eu fiz sim com a cabeça-Vá comprar um teste de gravidez na farmácia Candice.
Por Harry Styles'
Todas as vezes em que eu tentava falar com a Juliana,ela se virava e mudava a direção para onde estava indo.Mas eu não poderia culpá-la por querer fazer isso.Até que um dia eu a encontrei sozinha e distraída e eu fui até ela.
-Oi,Ju-ela virou a cara mas eu continuei-eu sei que você está muito brava comigo mas nós precisamos conversar.Até porque eu gosto muito de você,eu amo você e me desculpe ter te magoado tanto assim.-depois de terminar de dizer ela se voltou para mim
-Harry,você não só me magoou como quebrou meu coração em um milhão de partes e nesse exato momento não tem como concertar.Além de que naquele dia você teve uma certa "diversão" com ela,não é?-ela disse brava
-Harry-Sarah veio até mim e me beijou-Então querida-ela deu um sorriso cínico para Juliana e eu bufei.Percebi que Juliana me encarava querendo minha resposta
-Ju,me desculpe mesmo por ter feito isso.Eu fui um idiota mesmo.Você tem todo o direito de ficar brava por isso-ela começou a chorar e me olhar brava
-Eu te odeio Harry.Você me trocou por outra e depois transa com ela?-ela começou a gritar-Como pode fazer isso?
-A noite foi muito boa-Sarah disse e provocando-E a propósito meu nome é Sarah-ela sorriu
-Você quer saber por que eu fiz aquilo?-eu gritei-Você não me queria ou pelo menos não demonstrava isso e eu tinha cansado de ir atrás de você e levar um pé na bunda,todas as vezes que nós saímos você me dispensou.Eu estava cansado de correr atrás de você.Eu sei que isso não justifica minha atitude,mas é a verdade-eu bufei e percebi que a escola inteira estava agora olhando para mim.Juliana me encarou depois saiu correndo de la,provavelmente chorando
Por Joseph Morgan'
Faz meses que eu tento falar com a Candice mas ela simplesmente me ignora.Ian me dizia que tudo estava certo e que ela viria falar comigo mas eu meio que duvidava muito disso.Hoje é o dia para as audições para um novo seriado em que nós vamos fazer.Eu e Ian estávamos pronto e fomos encontrar as meninas mas achamos a Nina sozinha,a Candice não estava lá.
-A Candice não vai?-perguntei a Nina que estava com uma certa cara de preocupação no rosto-Pensei que ela iria fazer a audição
-Ela já vem,meninos.-Nina respondeu e depois olhou o celular e arregalou os olhos-Bom,eu vou ver se ela está terminando de se aprontar.Já venho-Nina saiu correndo e nós ficamos as esperando
Meia hora de passou e elas não voltaram.Então decidimos ligar para elas,já que estávamos muito preocupados.Ian ligou para Nina e ela disse que estava vindo.Quando elas finalmente chegaram percebi que a Candice não estava muito bem e aparentemente,ela estava chorando.Chegamos ao lugar para fazer a audição e Nina foi primeiro e depois Ian foi.
-Candice,até quando você vai ficar me ignorando?-perguntei e eu a  fitei-Nós não falamos há meses e toda vez que eu tento falar com você,você foge-ela começou a chorar e depois me abraçou
-Me desculpe Joseph,eu prometi para o Mike que ficaria longe de você,pelo bem da minha relação com ele mas isso não importa agora.-ela disse ainda chorando muito
-Ah,certo-eu pausei-Mas por que você está chorando?Tudo vai ficar bem Candice.-eu sorri e beijei sua bochecha
-Não JoMo,você não entende.Aconteceu algo que eu nunca vou me perdoar na minha vida e não quero te contar isso agora.Mas eu vou te contar mais tarde.Eu te prometo-ela sorriu-Agora vá,estão te chamando.
Por Candice Accola'
No dia seguinte,avisaram que o resultado sairia hoje a noite.Todos estávamos muito ansiosos pelo resultado pois era uma chance única na nossa vida.E ainda mais de trabalharmos juntos.Mas eu,não estava tão animada assim,no final das contas.
-Gente-Nina veio correndo até nós-a lista dos aprovados chegou-todos saíram correndo e eu fiquei para trás
-Candice,qual é o problema?-Joseph veio atrás de mim-você sempre esteve tão ansiosa por esse dia.O que aconteceu?
-Joseph-eu segurei a mão dele e o puxei para um canto-prometa não contar para ninguém isso-ele assentiu-eu estou grávida-eu estava chorando e Joseph não tinha reação
-Você...você já contou para ele?-eu fiz que não com a cabeça-Pois você deveria,afinal é com ele que você transava toda noite e todos ouviam seus gemiados e riam da sua cara-eu arregalei os olhos-Vocês faziam isso o tempo todo e todos os meninos sabiam e ficavam na porta escutando,eles faziam de tudo para escutar ou ver vocês dois transarem.Por que eu não te contei isso antes?Porque você me afastou.Por que você acha que do nada todos começaram a dar em cima de você,Candice?
-Não...o que?Joseph,o que eu faço?
-Conte para ele,é a melhor coisa que você tem para fazer.-ele suspirou e foi para junto com o pessoal para ver se ele havia passado.
{...}
-Candice!-Nina veio até mim-todos nós passamos!-ela sorriu toda contente e depois percebeu que eu não estava bem-O que foi?
-Eu contei para o Joseph sobre aquilo
-Você o que?Você tá louca?Ele deve ter ficado furioso.Até porque ele te ama e agora provavelmente ele deve estar desistindo de você.
-Eu sei Nina-eu disse-e agora eu tenho que contar para o Mike não sei como
{...}
-Mike-eu o chamei-nós precisamos conversar.É importante.
-Tudo bem,vamos para o meu quarto-ele segurou minha mão e me puxou para o quarto dele e começou a me beijar
-Mike é sério-ele continuou me beijando e começou a tirar minha roupa-Mike...-ele me pegou no colo e começou a beijar meu pescoço
Eu ouvi pessoas rindo e me lembrei do que Joseph havia dito e eu fiquei irritada
-Mike eu preciso falar com você.E é importante e tem que ser agora e de preferência que seja a sós,eu e você
-Candice,eu não..
-Eu estou grávida

09/07/2014

Parte 25-Decision


Por Juliana Marin'
Quando eu vi Harry com aquela vadia da Sarah,eu sai correndo para o banheiro.Quando eu crio coragem para falar com ele,isso acontece.Eu sai do banheiro para lavar o rosto e percebi que tinham umas 50 meninas me encarando e entre elas estava Thaysa e Alice.Elas vieram até mim preocupadas
-O que aconteceu?-elas perguntaram
-Não quero falar sobre isso agora meninas-foi tudo o que eu disse e depois fui para meu quarto
Eu estava indo para meu quarto quando esbarrei em alguém e quando vi era Niall
-Desculpa,Ju!Você está bem?-eu voltei a chorar
-Não quero falar sobre isso,por favor-eu respondi tentando cessar as minhas lagrimas
-Tem certeza?
-Tudo bem,eu preciso falar com você.-eu disse por fim e ele assentiu-Eu fui falar com o Harry no quarto dele,eu ia me declarar para ele,eu tinha criado coragem mas quando eu cheguei lá ele estava com outra,no chão beijando outra intensamente.E essa menina era a Sarah-Niall arregalou os olhos
-Ele estava beijando minha irmã?Mas até ontem ele me disse que te amava tanto e ficou o dia inteiro falando sobre isso.-Niall disse indignado
Por Harry Styles'
Juliana tinha ido embora e nesse momento eu sabia que tinha a perdido para sempre.Me virei e vi Sarah sensualizando para mim.
-Sarah vá embora por favor
Ela se levantou com muito esforço chegou na porta e a trancou.
-Eu não vou embora Harry-ela se aproximou de mim e beijou meus lábios e depois meu pescoço-vai dizer que não me quer?-eu fechei os olhos para não pensar em besteira mas quando eu abri os olhos ela estava apenas de calcinha e sutiã.E advinhe?Eu não resisti e a beijei.Eu não amava Sarah mas ela me dava tentação,excitação e desejo sexual.Eu comecei a beijá-lá cada vez mais intensamente e ela tirou minha camiseta e meu shorts enquanto eu beijava e dava chupões em seu pescoço.Quando percebi ela estava nua assim como eu na cama e eu estava em cima dela com nossas partes intimas juntas e eu massageando seu peitos e nossos lábios estavam selados.Era tarde demais para desistir da tentação.
Por Candice Accola'
Eu sabia que tinha que falar com meu namorado mas eu não entendia porque eu havia feito aquilo.Em cada relacionamento em que eu entro algo terrível acontece ou a Katherine acontecia.
-Can,você ta bem?-Joseph apareceu do meu lado preocupado e percebi que estava chorando-O que houve?
-Não é nada JoMo,não se preocupe comigo-eu o olhei e ele me fitou
-Como você quer que eu não me preocupe?Você está chorando-ele disse calmo me olhando.Eu tentei o meu máximo para sorrir mas tudo o que eu consegui foi um sorriso forçado que Joseph começou a rir.
-Pare de rir seu idiota!-eu comecei a rir junto com ele e eu o abracei-Eu estou bem,não se preocupe comigo-eu sorri e ele me beijou na testa
-Não minta para mim,Candice Accola-ele disse e me abraçou-Você sabe que pode contar comigo para tudo
Por Joseph Morgan'
Quando Candice me chamou de JoMo,um sorriso se formou em meu rosto instantaneamente.Fiquei conversando com ela por um tempo,depois dei um beijo na testa dela e fui para meu quarto
Entrei em meu quarto e vi que o namorado de Candice estava lá 
-Desculpe pela invasão mas eu preciso te dar um aviso.Fique longe da Candice-eu franzi a testa não entendendo
-Mas o que?
-Você está atrapalhando portanto fique longe dela-foi tudo o que ele disse e saiu
Eu continuei não entendendo,o que é que eu tenho a ver com todo esse relacionamento da Candice?Ela me disse que não havia nada entre nós além de amizade e eu aceitei isso.
-Ei-Ian me cutucou-O que foi?Você tá com uma cara de quem viu um fantasma.Você viu alguém morto passar?
-Que?Claro que não Ian,deixe de besteira-eu disse me jogando na cama
-Então o que aconteceu?
-O namorado da Candice...o Mike...ele mandou eu ficar longe da Candice porque segundo ele eu estava atrapalhando.Eu não entendo
-Joseph,você ainda a ama-Ian disse e eu concordei-E ela ainda te ama também
Por Niall Horan'
Depois de conversar com a Juliana e ela me contar tudo,fui procurar por Harry mas não o achava em lugar algum.Deve estar no quarto,eu pensei e estava indo para lá quando vejo Alice preocupada andando de um lado para o outro.
-Ali-eu a chamei e vi que ela estava chorando então fui até ela-Alice,o que aconteceu?-ela continuou chorando e me abraçou-Alguém te machucou?
-Ninguém me machucou Niall,pelo menos não fisicamente.É minha mãe,ela se separou do meu pai porque ela estava tendo um caso com outro cara que é por sinal nosso professor de português,o Sr. Maxfield.E eu também descobri que ela sempre teve um caso com ele o que significa que meu pai é o Sr.Maxfield,ela me disse isso Niall.Niall,eu não vou conseguir olhar para o Sr.Maxfield nunca mais e não irei chamá-lo de pai,ele nunca se importou comigo!-ela me abraçou-Fique aqui comigo um pouco,por favor.
-É claro Ali-eu sorri e a beijei na testa-vamos sentar ali-eu a levei até um banquinho que tinha e nós sentamos-Eu te amo-eu a beijei
-Eu também te amo-ela disse ainda entre lágrimas-a Ju está bem?
-Problemas com Harry e minha irmã Sarah.A Thaysa está com ela,não se preocupe com ela.Eu estou é preocupado com você
-Não fique Niall,eu vou melhorar
-Assim espero-eu disse e comecei a fazer cócegas nela e ela começou a se contorcer toda e começou e rir muito e ela sorriu-Eu amo seu sorriso sabia?-ela ficou envergonhada e suas bochechas ficaram vermelhas-Existe alguém tão fofa como você?-ela sorriu e me beijou
Por Candice Accola'
Eu havia decidido que iria falar com o Mike ainda hoje mas estava sem coragem de até olhar para a cara dele.
-Vai lá Candice!-Nina disse me empurrando
-Eu não sei se consigo,Nina-eu a abracei-Não sei o que falar para ele
-Candice!Para de besteira,é claro que você sabe.Você é Candice Accola,eu nunca te vi insegura tirando o primeiro dia que você viu o Joseph-ela riu e eu ri junto com ela-O Joseph sabe assim como eu sei que você consegue fazer isso.Enfrente a situação,o que aconteceu,aconteceu.Não tem jeito de voltar atrás mas tem jeito de melhorar amiga.-eu sorri e a abracei-Vai dar tudo certo,agora vai!
Eu criei coragem e fui atrás de Mike que estava conversando com uns amigos dele e com uma menina lá no meio que reconheci que era a Tifanny.
-Mike,posso falar com você a sos?-ele me puxou e me levou para a sala de limpeza não sei o porquê-Por que me trouxe aqui?Enfim,é o seguinte.Me desculpe por ontem,eu não sei porque eu disse aquilo e eu amo você e não quero te perder por nada nesse mundo.
-Eu também te amo Can-ele me puxou mais perto-mas não dá mais.Ou é ele ou sou eu,você escolhe Candice.
-Mike,eu não posso escolher simples assim.Não é uma escolha assim fácil,eu amo muito você mas o Joseph,ele...ele é meu melhor amigo e ele faz parte da minha vida.
-Então isso quer dizer que você está o escolhendo?Eu vou embora daqui-eu segurei a mão dele
-Espere-eu disse chorando-eu sei que vou me arrepender ainda dessa escolha mas,eu te amo,eu escolho você-ele sorriu e me puxou e logo em seguida me beijou
-Eu te amo-ele disse e eu sorri e ele me pegou no colo e me beijou e ficou me beijando cada vez mais intensamente.Ele tirou minha blusa e minha calça e foi beijando meu pescoço e foi descendo.Eu tirei a camiseta dele e seu shorts ficando nós dois apenas de roupas íntimas.Ele sorriu maliciosamente para mim e tirou meu sutiã que o fecho estava quebrado e depois tirou minha calcinha.Ele colocou as mãos nos meus seios e começou a massageá-los.Ele tirou sua cueca e ele me deitou no chão e ele ficou em cima de mim massageando meus seios que começaram a doer e eu gemia um pouco.Ele colocou seu pênis na minha vagina o que me fez gemer muito e ele estava gostando disso.Eu ouvi um barulho e nós pegamos nossas roupas e nos encondemos mas Mike ainda estava em cima de mim fazendo sexo comigo.Percebi que alguém havia entrado e haviam três vozes muito familiares para mim.Eram Nina,Ian e Joseph.Eu queria tanto falar com Joseph,mas o que eu iria falar?Eu havia prometido para Mike que não iria falar mais com ele mas eu sabia que ele não entenderia isso.Eu segurei minhas lágrimas para que eu não chorasse.Eu escutei chamarem meu nome mas eu também não podia responder.
-Candice,por favor apareça!-percebi que era Joseph me chamando e ele estava chorando-Candice,onde você está?
-Vamos Joseph,talvez ela esteja lá na quadra-percebi que era Nina tentando levar Joseph para fora
Depois disso eles saíram e fecharam a porta.E meu corpo meio que desabou.O que é que eu estava fazendo?Depois de fazermos sexo,eu fui para meu quarto.
Por Niall Horan'
-Ali,eu vou rapidinho no meu quarto para ver se o Harry está lá.Eu disse pra Ju que iria falar com ele.Você quer vir também?-ela fez não com a cabeça-Tudo bem,eu vou lá.Você vai ficar bem?-vi que Nina estava passando e a chamei-Nina!-ela veio até nós-pode ficar aqui com a Ali?Eu tenho que falar com o Harry.
-Claro-ela sorriu e se sentou ao lado de Alice
Eu fui correndo até o quarto e fui abrir a porta e estava trancada.Por que é que estava trancada?Eu nunca deixo trancada nem Harry.Procurei minha chave e achei e quando abri vi Harry e Sarah na cama fazendo sexo.Eles olharam assustados para mim meio sem reação.
-Olha-eu fechei a porta antes que alguém visse aquilo-quer saber?Eu não quero saber o que aconteceu mas sabe de todas as pessoas do mundo Harry,você seria a última pessoa que eu teria pensado que poderia fazer uma coisa tão suja.
-Não é suja-Sarah disse meio que ofendida
-Sim,é suja.Porque ele fez sexo com você!-eu gritei-E você machucou alguém muito querida que finalmente estava pronta para se declarar para você e ela me disse que vocês estavam se beijando mas não achei que chegaria a esse ponto Harry.Agora,você vai concertá-la,porque ela está muito mal por sua causa e olhe que ela nem sabe que vocês dois transaram!Eu pensei que você fosse melhor que isso,Harry.Da Sarah,é claro que eu já esperava mas pelo jeito ela não te forçou a nada.De você,eu não esperava,

27/06/2014

Parte 24- Deception


Por' Ian Somerhalder
   - Você parece bem melhor, não?- afirmei, assim que aproximei-me a ele, ao ver o sorriso estampado no rosto de Joseph, que parecia vir de uma orelha a outra. sentando a sua frente. 
   Apenas ele estava sentado lá, assim que Nina resolvera passar o intervalo com as meninas. Vê-lo sorrindo daquela maneira era tão melhor do que ver-lo se acabando, o que acontecera poucos dias atrás. Era como se ele não conseguisse conter a felicidade que o tomava. E tinha certeza absoluta de qual seria tal razão. Um único nome. Uma única pessoa.
   - Candice...- disse ele, como se lesse minha mente.-... eu acho que ela me perdoou. Acho que estamos novamente nos dando bem, finalmente!
   - Eu realmente fico feliz, cara.- dizia tudo aquilo com sinceridade. Ele sorriu de lado.- Candice dificilmente guarda rancor, especialmente quando essa pessoa é especial para ela, como você.
   - Ela é uma ótima amiga.- respondeu Joseph, de certa maneira rápida.- Amiga...
   Reparei então que seu sorriso se desfazia. Ele pareceu franzir a testa, e de repente suspirou fundo. Percebi que provavelmente havia tocado num ponto delicado para ele, mas não consegui me conter a perguntar.
   - Você acha que, hum... Você e Candice tem chance de voltarem..?- arrependi-me de ter feito tal pergunta no momento em que ele desviou seu olhar, mirando para o chão. 
   Ele amava ela, eu tinha certeza. E fazer aquela pergunta talvez fosse dolorosa para ele, naquele momento, principalmente quando sabia que ela estava tendo um caso com outro cara. Por fim, ele respirou profundamente.
   - Eu não sei...- disse, a voz um pouco mais alta do que um murmúrio. E então voltou a olhar para mim.- Eu chamei-a de melhor amiga. E ela também disse que eu era seu melhor amigo. Apenas isso.- assim que terminou de dizer, bufou alto. Suspirei fundo.
   - Eu não sei o que dizer, Joseph. Mas acho que talvez seja melhor não forçar muito a barra, não agora.- ele assentiu a cabeça, concordando.
   - Eu acho que prefiro ter ela próxima de mim, mesmo ela sendo apenas uma amiga. Não suportaria afastar-me dela novamente.
   - Posso pedir para Nina lhe apresentar alguma outra garota.- opinei, depois de um tempo, tentando diminuir a pressão daquela conversa.- Talvez essa seja uma boa maneira de tentar esquecer-a, pelo menos agora. Se você quiser.
   - Quem sabe.- e então forçou um sorriso fraco.- Não sendo ela uma mulher loira, de olhos azuis e tão divertida quanto Candice.- isso faz com que eu soltar uma risada fraca.- Hum, e nenhuma Katherine, por favor.- acrescentou ele, rapidamente. Era incrível como Joseph conseguia ser um tanto divertido, mesmo quando ele parecia estar passando por uma situação difícil. Dou uns tapinhas no ombro de Joseph.
   - Como quiser.- Joseph, no final, não conseguindo evitar, também acabara por rir.

Por' Nina Dobrev
   Despedi-me das meninas rapidamente, e então segui a outra com os passos tão apressados quanto o dela. Candice parecia um pouco desesperada, puxando-me com tanto força e rapidez que eu mesma ficava com medo de tropeçar em algo e arrebentar-me no chão. Mas parecia tal preocupação sequer passara pela mente dela. 
   Ela arrastava-me para bem longe do refeitório, e então finalmente hesitou, num canto isolado da praça, ainda na escola. Lançou um olhar rápido para ter certeza de que ninguém estivesse perto, e voltou-se para mim. Seus olhos pareciam meio arregalados. Isso fez com que eu ficasse um pouco assustada.
   - Qual o problema, Candice?- assim indaguei, estranhando sua repentina mudança de reação.- E por que você não pode dizer isso na frente das meninas?
   - Eu não quero que elas saibam.- respondeu ela. E depois abaixou um pouco a voz.- Isso é um tanto... Constrangedor.- franzi a testa, um pouco confusa.- Eu precisava contar para alguém, mas não queria contar para todas elas... Ele não pode saber...
   - Candice..? Qual é o problema? Contar o quê? E quem é ele?- perguntara tudo aquilo com certa rapidez, o que fez com que Candice bufasse. Agora estava começando a ficar preocupada.- Candice!
   - Certo.- e então respirou fundo.- Ontem a noite, hum, eu e Mike... Você sabe...- ergui minhas sobrancelhas, sem saber o que ela dizia. Candice bufou.- Nós transamos.
   - O que?- indagara, sem pensar duas vezes. Tinha de admitir que estava um pouco surpresa com aquilo.
   - Mas não é só isso.- prosseguiu ela. Mesmo estando sozinhas, ela sussurrava.- Porque... Porque eu acho que fiz uma bobeira das grandes...
   - Candice, seja direta!- mandei, impaciente com todas as suas pausas. Agora definitivamente eu estava preocupada.
   - Calma, Nina!- resmungou ela de volta, com o tom um pouco mais aflito. Lancei então um olhar desconfiado para ela, no entanto ela apenas ignorar-me.- Ele não pode saber disso, não mesmo. Porque senão estou ferrada. Mas Mike sabe, e eu não sei mais o que fazer...
   - Candice, o que é que...
   - Eu disse o nome dele, Nina!- Candice aumentara dessa vez o tom de sua vez. Suspirou fundo, e depois acrescentou, com um pouco mais de clareza.- Eu disse o nome de Joseph no meio do sexo, caramba!

Por' Alice Castro
   Franzi o cenho, assim que Candice e Nina saíram, estranhando a maneira apressada com que se afastaram. Será que havia acontecido alguma coisa e elas não queriam contar para nós? Virei-me para Thaysa e Juliana, e percebi que as duas pareciam estar tão preocupadas quanto a mim.
   - Isso foi... Estranho.- assim comentou Juliana, de maneira um pouco hesitante. Suas sobrancelhas levantaram-se.- Será que isso tem a ver com...
   - Joseph?- completou Thaysa, rapidamente. Juliana, no entanto, agora franzira a testa.
   - Eu iria dizer o cara com que ela está ficando, mas pode ser...- terminou ela, e Thaysa balançou os ombros.- O que será que deve ter acontecido?- porém, antes de sequer deixar Thaysa responder, bufei alto.
   - Eu acho que não deve ter sido nada importante.- respondi, sentindo-me um pouco estranha, de um jeito mau. Não iria começar a fofocar sobre minhas próprias amigas!- E, se for, acho que ela irá contar depois para nós.- depois disso, Thaysa manteve-se quieta, e a única coisa que Juliana fez foi de levantar os ombros, de maneria indiferente.
   Permanecemos caladas por um certo tempo, cada um comendo a sua refeição, tentando não voltar a falar sobre aquele assunto. Afinal, Candice era nossa amiga, e eu me sentia um pouco mau por começar a dizer dela pelas suas costas, mesmo que fossem coisas como essa.
   - Certo, eu preciso desabafar.- afirmou Juliana, depois do que pareceu um longo tempo. Olhei para ela, reparando que sua reação agora mudara, parecia que estava pensando numa única coisa por muito tempo. Thaysa erguera as sobrancelhas.- Eu sei que vou parecer idiota, mas...
   - Desembucha, Ju.- pediu Thaysa. Juliana bufou alto.
   - Alguma coisa a ver com...- hesitei, um pouco pensativa. Mas logo um pensamento veio em minha mente.- Harry..?- palpitei. Juliana, com isso, rapidamente virou-se para mim, suas sobrancelhas sobressaltadas. Suas bochechas começavam a corar de leve. Thaysa soltou uma risada fraca.
   - Depois diz que odeia ele.- Juliana voltou-se para a amiga, lançando-lhe um olhar mortífero. Thaysa parecia divertir-se com tudo aquilo.
   - E eu odeio ele!- firmou ela, começando a se estressar.- E pare de rir da minha cara como uma idiota!
   - Por que você sempre se estressa quando fala sobre ele, Ju?- interroguei, e Thaysa riu ainda mais alto. No entanto, diferente dela, eu não conseguia dar risada. Juliana realmente parecia precisar desabafar, e eu a escutaria.- Pare de rir dela, Thay. Deixe ela falar, ou ela nunca falará.- por um momento, ela virou-se para mim, encarando-me como se não me levasse a sério. No entanto, ao ver a minha reação séria também parou de rir. Juliana sorriu para mim, mostrando-se agradecida.
   - Certo, não irei rir de você, Ju. Iremos de ouvir.- avisou Thaysa.
   - Vocês não irão rir da minha cara?- perguntou Juliana, preocupada.- Nem zombar com a minha cara, nem nada? Prometem?
   - Alice se encarregara disso. De não me deixar rir.- respondeu ela. Balancei minha cabeça, assentindo. Juliana então suspirou fundo.
   - Eu... ele sequer fala olha mais para a minha cara, sequer fala mais comigo!- resmungou. Mas prosseguiu antes de deixar-nos falar.- Eu... Eu acho que sinto a falta dele. Do Harry...

Por' Joseph Morgan
   Lembrei-me de que havia esquecido parte do material, então separei-me de Ian e fui até a direção do meu dormitório, com os passos acelerados. A última coisa que eu queria naquele momento era o professor me enchendo por eu ter me atrasado para a aula. No entanto, logo avisei duas garotas conversando num canto um pouco mais superior da praça da escola, a mesma que eu atravessava. Avancei um pouco mais na direção delas, apressando meus passos, e logo as reconheci. Mas meus olhos estavam pregados apenas em uma delas.
   - Candice?- exclamei para a loira, que virou-se para mim assim que eu a chamei. Como ela conseguia ser tão linda? No entanto, ela rapidamente voltou a virar-se para Nina, e reparei que as duas conversavam aos cochichos. Arqueei minhas sobrancelhas, estranhando-as.
   Quando consegui alcançá-las, senti meu corpo quase cair. Arfava, tentando recuperar o fôlego que havia perdido na corrida. Só então reparei a expressão assustada de Candice.
   - Você está bem?- perguntei, sem pensar. No entanto, logo acrescentei.- Hum, digo, vocês?- lancei meu olhar para Nina, que também estampava uma face sobressaltada. Demorou um pouco, até que finalmente Candice respondesse-me.
   - Sim, está tudo bem.- disse ela, ainda encarando Nina.- Então, acho melhor irmos indo, senão vamos nos atrasar para a aula.- prosseguiu ela, e saiu rapidamente, sem sequer olhar para mim. Uma estranha sensação invadiu o meu corpo. Por que ela estava agindo dessa maneira?
   Virei-me para Nina, que forçou um sorriso fraco. Franzi minha testa. E então ela saiu, seguindo a amiga. Será que Candice continuava brava comigo, depois de tudo o que havia me dito antes? Ela não havia me perdoado?

Por' Juliana Marin
   - Awn, Ju!- exclamou Alice, com a sua voz fofa. Revirei meus olhos, o que fez Thaysa rir mais uma vez.
   - Sua promessa, Thaysa!- exclamei, com o tom um pouco mais alto.- Ou senão vaza daqui.
   - Calma, Juliana.- retrucou ela, o que me fez bufar alto.
   - Parem já, vocês duas!- pediu Alice, irritando-se. Ela suspirou fundo.- E, Ju, eu vou ter dar um conselho. De coração.- disse, virando-se para mim. Um leve sorriso formou-se em seus lábios.- Vá atrás dele.
   - O que?- indaguei, involuntariamente. Virei-me para Thaysa, que mexeu a cabeça, concordando com Alice. No entanto, protestei, balançando minhas cabeça para os lados.- Não...
   - Vá falar com ele, Ju!- mandou Alice.- Fale para ele tudo o que você sente, tudo!
   - Eu não vou... Eu não sou como você, ou Thaysa... Eu não vou me declarar para ele...
   - E vai continuar sofrendo dessa maneira?- dessa vez foi Thaysa quem perguntou, interrompendo-me.- Não vai te matar ir falar com ele, aliás, não foi você quem disse que sente a falta dele?- grunhi alto.
   - Eu não devia ter falado isso!- exclamei, com raiva. A sorte era que estávamos no intervalo, portanto, todo mundo conversava e dava altas risadas, abafando nossas exclamações.
   - Você vai lá falar com ele, Juliana, por favor!- implorou Alice. No entanto, antes de negar novamente, ela bufou.- Faça isso por nós, então. Vá falar com ele, eu sei que não vai se arrepender!
   - Eu não quero falar com ele!
   - Então vamos fazer assim. Se você não falar com ele, eu nunca mais falarei com você.- avisou Alice, com o tom severo. Ergui minhas sobrancelhas, incrédula com aquilo. Thaysa pareceu impressionar-se com aquilo.
   - Você não tem o direito de fazer isso, Alice...
   - Eu tenho, e irei fazer.- disse ela, interrompendo-me. Levantou-se então do banco, e olhou novamente para mim.- Vá falar com ele agora!
   - Agora?- novamente exclamei.- Mas eu vou perder a aula...- Alice revirou os olhos, e depois afastou-se de nós, saindo do refeitório. Lancei um olhar suplicante para Thaysa, mas ela apenas ignorou-o, e saiu atrás da outra. Bufei alto, fechando os meus olhos por um instante, e deixando-me pensar sobre tudo aquilo. Tomei então coragem e levantei-me, sabendo exatamente para onde ir. 

Por' Harry Styles
   Deitei-me na minha cama, e fechei meus olhos, quase adormecendo. Perderia a próxima aula sem sequer hesitar. Muitos pensamentos vinham em tona na minha mente, fazendo com que minha cabeça doesse. Por que eu pensava tanto nela? Eu não tinha a mínima ideia. 
   De repente, escutei alguém bater na porta. Levantei num pulo, e fui na direção da mesma, esperando por apenas uma pessoa, a qual eu não conseguia mesmo tirar da minha cabeça, sequer por um mero segundo. No entanto, assim que abri a porta senti-me desapontado.
   - Sarah?- indaguei, sem saber outra coisa para dizer, e encarei a loira de baixo para cima. 
   Ela usava vestido curto e uma roupa um tanto colada ao seu corpo, fazendo com que suas curvas ficassem mais a mostra, e, além disso, tal roupa também exibia um belo decote na região do busto, mostrando seus seios, quase até demais. Não podia, no entanto, dizer que ela não estava sexy.
   - Uou.- não consegui evitar de sussurrar. Ela pareceu escutar, porque logo soltou uma risada satisfeita. 
   E, por um breve momento, visualizei ela naquele vestido. Imaginei sua pele pálida naquele vestido, e seus olhos escuros encarando-me com certa malícia. Seus cabelos negros e compridos caírem sobre seus seios quase totalmente a mostra. Tal pensamento estava me levando a loucura!
   Então, sem pensar duas vezes, permiti aproximar-me a ela, selando nossos lábios tão rapidamente, como se eu realmente desejasse aquilo a muito tempo. Ela empurrou-me para dentro do meu quarto, mas deixando a porta aberta. Carreguei-a até uma estante baixa, sentando-a sobre o objeto, e fui depositando beijos em torno de todo o seu pescoço. Ela soltou um gemido baixo, aprovando aquilo. Suas mãos agora agiam, segurando a bainha da minha blusa e logo arrancando-a, jogando para longe. 
   No entanto, logo tudo aquilo foi interrompido quando avistei uma pessoa esperando na porta do meu dormitório. Afastei-me rapidamente da outra, porém, já era tarde de mais. Ela encarava-me com aquele olhar incrédulo, mas ao mesmo tempo decepcionado, que simplesmente me quebrou por dentro. Voltei meus olhos para a mulher a minha frente, só então lembrando-me que havia feito tudo aquilo com Sarah, e não com ela. Percebi a burrada que havia acabado de cometer.
   Ouvi seus passos ecoarem para longe, saindo correndo do quarto e sumindo de minha vista. Por impulso, fui em sua direção, mas então já havia a perdido. Sabia que havia a perdido. 
   - Juliana...- murmurei, odiando-me com todas as forças por ter feito o que havia feito.

18/06/2014

Parte 23- Give it up


Por Alice Castro'
Eu não me lembro de nada que havia acontecido antes de chegar no quarto de Sarah.Como eu faria para sair daquele lugar?E ainda por cima eu estava amarrada.
-Ali-Harry sussurrou-a Sarah não vai te fazer nenhum mal,eu te prometo-eu olhei assustada para ele-eu não vou deixar ok?Ela ja destruiu tantas meninas que o Niall gostava mas o Niall te ama.
-Obrigada,Harry-eu sorri

Por Candice Accola'
Estávamos todos nos preparando para a fase final do concurso.Primeiro foi a Nina,depois o Logan,depois o Ian e então chamaram meu nome.
-Boa sorte,Can-Joseph sorriu e me beijou na testa
-Obrigada JoMo-ele sorriu e eu fui até o palco me apresentar
Eu me apresentei no palco e os jurados gostaram muito da minha performance.Sai do palco e vi Mike,quem eu estava ficando,vindo em minha direção 
-Você foi maravilhosa-ele sorriu e me beijou
-Obrigada Mike
Duas horas se passaram e is resultados saíram.Todos nós havíamos passado no concurso e teríamos a chance de participar de um novo programa de tv.
-Nós passamos,pessoal!-nós nos abraçamos e começamos a pular que nem idiotas
-Eu disse que conseguiria-eu disse para Joseph e ele sorriu
-Obrigada Can,não sei o que seria de mim sem você
-Concordo-ele riu e me abraçou
-Candice-Mike me chamou e eu fui até ele-Lembra o que nós combinamos para hoje a noite?É hoje que nós vamos transar-fiz sim com a cabeça e sorri-Vamos?
-Gente,eu tenho que ir!Beijos-avisei o pessoal e me despedi de todos

Por Niall Horan'
Eu estava desesperado procurando pela Alice mas não a achava em nenhum lugar.Perguntei para todos que vi sobre a Alice mas ninguém sabia onde ela estava.É claro,Sarah sabe onde ela está.
-Sarah,onde está a Alice?-eu gritei e ela riu
-Calma irmãozinho.Ela está bem E Harry está com ela também.
-O Harry!É claro!Você nunca vai deixá-lo em paz não é?Pra que você quer tudo isso?
-Vingança-eu a olhei confusa-nossa mãe nunca nos amou,ela só te amava,ela me disse isso.Todos da família me diziam isso
-Por que você não disse isso antes?Eu não sabia,Sarah

Por Thaysa Yasmin'
-Ju,vou encontrar o Logan.Quando acharem a Ali,me avise.
-Ta bom,divirta-se-ela sorriu
Sai do quarto e fui até o auditório onde Logan me pediu para encontra-lo.E lá estavam Nina,Ian,Joseph e Logan
-Oi Thay -Logan veio até mim e me beijou-venha-ele me puxou até o pessoal
-Ai meu Deus-Nina disse olhando seu celular-Oh God,eu vou fazer audição para um papel em uma nova série chamada The Vampire Diaries-ela pulou de alegria e beijou Ian
-Advinhe só Nina,eu e o Ian também vamos fazer audição para essa serie-ele sorriu olhando os dois celulares
-Parabéns pessoal-eu disse e Nina veio até mim e me abraçou 
-Obrigada Thay-ela sorriu-E você Logan,o que recebeu?
-Eu vou fazer audição para um filme mas só tem um problema,não é aqui, é no Canadá
-Que chique-Nina brincou-Mas você vai?
-Eu não sei

Por Juliana Marin'
Meu celular estava vibrando e vi que era Harry.Atendi e ouvi ele falar com uma voz  desesperada
-Harry,o que houve?
-Eu e a Ali fomos raptados pela Sarah,irmã do Niall.Avise o Niall que estamos na casa dela no meio do nada
-Como é?-eu disse incrédula-Vocês estão bem?
-Sim,estamos bem.Só avise isso para o Niall,ok?
-Eu aviso para ele.Pode deixar.
E ele desligou o telefone.Harry está estranho,ele não fala comigo do jeito que ele falava comigo antes.
Eu fui até Niall,que estava sentado chorando.Todos estavam zombando dele e eu fui até ele.
-Voces não tem mais o que fazer?-eu os fitei e eles saíram de fininho-Niall-eu me sentei ao seu lado-a sua irmã raptou a Ali e o Harry?-ele fez sim com a cabeça-Harry me ligou e disse que eles estão na casa da Sarah,no meio do nada.
-É claro!-ele sorriu-já sei onde eles estão!Quer vir comigo?
-Sim,eu quero-eu sorri e fui atras de Niall
Chegando lá,a casa parecia abandonada e velha.Niall arrombou a porta e foi procurando por eles.E então ouvimos vozes do porão.Fonos até o porão e abrimos a porta a força.E lá estavam os dois que conseguiram se desacorrentar.
-Alice!-Niall sorriu e foi até ela-Você está bem?-ela fez sim com a cabeça e eles se beijaram
-Gente,vamos!Antes que ela chegue-eu os avisei e todos fomos embora.
Harry nem sequer me olhava direito,ele desviava a atenção de min.Será que ele desistiu de mim?

Por' Logan Lerman
- Como não sabe?- indagou Thaysa, erguendo as sobrancelhas, com o tom exclamado.- Logan, mas não era esse o seu sonho? Ser ator?- franzira levemente as sobrancelhas, sem saber realmente o que dizer. Nina então suspirou, parecendo entender-me. No entanto, Thaysa ainda parecia confusa, e isso fez com que um estranho silêncio dominasse aquele ambiente.
- Thay...- Nina adiantou-se, interrompendo então aquele silêncio incomodante. Thaysa voltou-se para ela, provavelmente perguntando-se o motivo pela sua estranha mudança de humor. Todos os outros pareciam agora tão quietos quanto Candice.
- Eu acho melhor deixá-los a sós.- avisou Ian, lançando um olhar rápido para Ian e Candice. Ambos concordaram, e logo sobramos apenas eu e Thaysa naquele lugar.
- Você sabe o que é que aconteceu com eles?- perguntou ela, ainda mais confusa com a estranha reação dos outros, que haviam saído rapidamente. Suspirei fundo, mordendo os lábios. Com isso, a mulher lançou-me um olhar desconfiado.- O que está acontecendo, Logan..?
- Olha, Thay...- respirei fundo, hesitando por um breve momento. Thaysa parecia ainda não ter me entendido.- O filme...
- É uma ótima oportunidade, Logan!- interrompeu ela, teimosa.- Logan, não era isso que você queria? Um filme, Logan!
- Thaysa... - tentava dizer, mas novamente ela cortara-me.
- Eu não te entendo. Por que está assim?- ela dizia quase sem parar.- Por que parece estar hesitando agora?
- Me escuta, Thaysa.- mandei, elevando um pouco a minha voz. Ela arqueou as sobrancelhas, surpreendida com o meu tom, e finalmente calou-se. Novamente suspirei fundo.- Você não escutou? O filme será no Canadá.
- E..?- voltou a perguntar ela. Então pus-me a fitar seus olhos claros e maravilhosos, e permaneci encarando-a por um certo tempo. Thaysa retribuía o olhar, no começo sem entender tudo o que eu queria dizer. Porém, de repente ela hesitou, e ergueu ainda mais as sobrancelhas. Um outro silêncio desconfortável invadiu naquele momento, e então ela abaixou seus olhos.

Por' Thaysa Yasmin
- Ah.- então disse, e bufe ialto. Eu franzia a testa, parecendo sem saber o que mais dizer naquele momento. Como não havia notado aquilo antes?
- Eu não sei se realmente quero fazer essa audição, Thay.
- Você não pode simplesmente desistir de uma coisas dessas, Logan.- elevei minha voz, e levantei meus olhos até os seus.- Você sempre quis uma chance dessas, e agora finalmente conseguiu...
- Mas as gravações vão ser gravadas em outro país! Você sabe o que isso significa?
- Continua sendo uma ótima oportunidade.- afirmei, a voz um pouco mais alto do que um murmúrio.- Olha Logan, eu sei o quanto você lutou por isso. Eu vi você passando noites em claro treinando e decorando falas, ou lendo livros de atuação, eu vi o quanto se esforçava para passar no concurso. E você passou! E agora, você pode recebeu o convite para fazer a audição para um filme, Logan! Uma chance para conseguir realizar o seu sonho, depois de tanto batalhar por ele! 
- Thaysa... Eu não conseguirei ficar tanto tempo longe de você...- um sorriso instantaneamente formou-se em meus lábios.
- Eu te amo, Logan.- falei, com a voz calma.- Mas não recuse essa grande oportunidade só por causa de mim.- ele bufou alto, opondo-se a tudo aquilo. Peguei então em suas mãos, e apertei-as com força.- Eu te amo, Logan, você não escutou? Eu te amo, e continuarei a te amar mesmo você estando longe. E ainda te amarei quando você voltar. Nada irá mudar esse sentimento que sinto por você, Logan, porque eu te amo.- sem eu perceber, Logan pegou em meu rosto, de leve, e selou meus lábios, envolvendo-me num beijo carinhoso. Eu amava nossos beijos. E eu o amava mais do que tudo desse mundo.
Assim que infelizmente tivemos de cessar aquele beijo, percebi que ele sorria, assim como eu.
- Você sempre me encanta com suas palavras, Thaysa.- disse ele, o que me arrancou uma risada.- Um dos motivos por qual eu ter me apaixonado por você.
- Você sempre me deixa sem palavras, Logan.- ele sorriu de lado, e eu abracei-o.- Confie em mim, Logan. Pegue essa chance e abrace-a. Eu sei que não vai se arrepender.- ele permaneceu por um certo tempo em silêncio, naquele abraço confortante. Fechei meus olhos, e percebi o quanto me sentia segura em seus braços.
- Irei te ligar todos os dias.- disse então, com a voz decidida. Não pude deixar de sorrir, ainda com os olhos fechados, querendo que nunca mais tivesse de me separar daquele abraço.

Por' Harry Styles
Estava trocando a minha roupa, sem um motivo certo. E o incrível era que eu sequer me importava com aquilo que Sarah havia feito comigo e com a Alice. Pois, naquele momento, um único pensamento vinha em minha mente. Juliana.
Seus olhos escuros, que pareciam grandes azeitonas escuras, não saiam de minha mente. E com isso, involuntariamente lembrei-me de tudo o que acontecia e havia acontecido entre nós. Tudo era tão melhor antes! Não éramos melhores amigos, mas éramos amigos, que riam e se divertiam, e que não brigavam a cada cinco minutos. E depois teve todo aquela confusão de sentimentos que parecia mudar por ela. Ela era tão linda, mas ao mesmo tempo tão teimosa e implicante. E então as coisas pareciam ir bem, bem demais, até o tal desastroso baile. Tudo parecia só ter piorado depois disso. Ela parecia querer implicar ainda mais comigo, por qualquer motivo fútil, fazendo nos brigar a cada cinco segundos! Isso fez com que, no final, acabamos por nos afastamos um do outro. E agora, estávamos nessa. Ela sequer olhava mais para mim, e isso me irritava. E eu me sentir irritado por isso me irritava mais ainda!
Afinal, qual era o meu problema?
E, ainda, sentia-me mau por ter de ligar para ela mais cedo. Eu não queria falar com ela, mas no fundo queria escutar a sua voz. No entanto, o pior fora quando ela e Niall chegaram, e eu simplesmente não consegui olhar para Juliana, por raiva de tudo aquilo! Ela me deixava com raiva, mas ao mesmo tempo parecia que sua voz me acalmava. Novamente, qual era o meu problema?
Eu não sabia mais o que me sentia em relação a Juliana. Se eu realmente amava ela, ou ela era apenas uma obsessão minha? Ou melhor, se eu a odiava?
A verdade era que, mesmo se eu ainda gostasse dela, eu tinha medo de que, se voltássemos a nos aproximar, e consequentemente ao o que éramos antes, tudo aquilo voltasse a se repetir. Todas as discussões bobas, todo aquele estresse. Será então que seria deixar as coisas com estavam? Seguir caminhos separados? Será que seria melhor desistir de tudo aquilo, desistir dela?

10/05/2014

Parte 22-Friendship lasts forever

“É bom sentir medo. Significa que você ainda tem algo a perder.”

Por Nina Dobrev'
Depois de sair da aula,Ian me fez comprar um lanche porque eu não comia nada.Meu apelido era "anoréxica".
-Eu não estou com fome-protestei-É sério,Ian
-Mas vai comer-ele me fitou e sorriu-Um lanche natural e um suco de laranja.-ele pediu para a garçonete que olhava torto para mim.
-Como está o Joseph?-perguntei enquanto a garçonete colocava o suco na mesa
-Muito mal.Ele está bêbado toda noite e têm muitas garrafas de vodca,Tequila embaixo da cama dele.Ele ficou sóbrio por anos mas...
Por Niall Horan'
Havia acabado de sair do banheiro masculino quando alguém me puxa e quase me faz cair.
-Sarah.-a encarei-O que ainda está fazendo aqui?E o que pensa que está fazendo?-ela gargalhou
-Acho que sua namorada descobriu quem eu sou-arregalei os olhos-ela ficou me encarando a aula toda.-ela sorriu e saiu 
Logan apareceu todo feliz mas eu o ignorei.Estava preocupado se realmente Alice havia descoberto sobre Sarah.
-Niall!-Logan disse alegremente e veio até mim
-Você bebeu,cara?O que é toda essa felicidade?
-É o amor,Niall.
-O que você...-eu parei por um segundo e minha mente virou suja-Você fez sexo?É isso não é?Isso que está te deixando tão feliz
-O-o que?-ele gaguejou-é claro que não 
Por Harry Styles'
Estava procurando por Juliana quando vi Sarah e virei a cara e mudei de direção.Mas ela veio atrás de mim.
-Não vai nem falar oi para mim?-ela parou na minha frente e me encarou-Oi Harry
-Sarah,o que você quer?
-Você sabe muito bem.E sei que está apaixonado por outra-ela se aproximou-Mas posso fazê-la sentir ciúmes e excitação 
Por Alice Castro'
Estava procurando Niall quando eu vejo Ian com alguém muito bêbado.E esse bêbado era Joseph.Arregalei os olhos e me assustei com a cena.
-Ali-Niall apareceu e eu sorri ao vê-lo-Estava te procurando
-Niall-eu sorri-Aquela ali que está falando com Harry é sua irmã?
-Sim.Eu não queria que você soubesse,ela estragou minha vida e é obsecada pelo Harry.Ela destruiu toda felicidade que eu tinha com alguma garota.Só quero ter certeza que ela não fará nada com você-ele sorriu fraco e eu o abracei-Eu te amo mais que tudo,Ali
-Awn Niall,eu te amo-ele me puxou para mais perto e me beijou-você é meu amô-ele sorriu e eu o abracei o mais forte que pude.
-Ali,amanhã vou no meu primeiro estúdio de gravação.A Hollywood Records me quer-eu sorri-Quer ir comigo?
-É claro que quero-ele sorriu e selou seus lábios nos meus-Sabe a segunda fase do teste para Nina,Ian,Candice,Joseph e Logan é hoje mas olha para o Joseph-eu me virei e vi Joseph vomitando em cima de Ian e Ian o xingando-O que ele tem?
-Ressaca-Niall respondeu com bastante certeza-A Cand o deixou e agora olhe para ele!
Por Ian Somerhalder'
-Cara,no que você estava pensando?Por que logo ontem você quis dar uma de vida loka e beber sem fim para hoje,justo hoje ficar de ressaca?Amanhã é a fase final do concurso!
Joseph abriu a boca para falar alguma coisa e vomitou em mim de novo.Eu o puxei e o levei para o banheiro.Ele não parava de vomitar.Mandei uma mensagem para Nina:"Joseph está pior do que eu imaginei.Ele não para de vomitar.Ele está de ressaca.E ele não está me escutando.Me ajude"
-Eu não lembro nada de ontem,eu só lembro que fui para uma festa.Ian,o que está acontecendo comigo?-ele colocou a mão na barriga e vomitou
-Desde quando você bebe assim?-perguntei sério-desde quando começou a ir para festas assim?
-Desde que a Cand terminou comigo
Por Nina Dobrev'
Recebi a mensagem de Ian e fiquei realmente preocupada com Joseph.Nunca o vira ficar realmente bêbado ou de ressaca.Mas se ele não ouvia ao que Ian dizia,por que ele me ouviria?Candice,pensei instantaneamente e fui atrás dela.
-Can!-gritei e ela se virou vindo até mim-eu preciso da sua ajuda.E por favor não vire a cara para mim.-ela assentiu meio confusa-É o Joseph-ela me fuzilou com os olhos e eu continuei-Ele está muito mal.Candice,ele está bebendo e está de ressaca.Quando foi a última vez que o viu beber e ficar de ressaca?-ela não mostrou nem sequer um fio de sentimento-Can,hoje é o teste.Você não vai querer vê-lo reprovar,vai?
-Por que então você não vai falar com ele?
-Ele não está ouvindo o Ian,por que ele iria me ouvir?A única pessoa que ele iria ouvir é você Candice.Não estou te pedindo para voltar a ficar com ele,estou pedindo para que volte a ser a melhor amiga dele,que o ajude.Eu não te pediria isso se não fosse importante Can.Eu estou preocupada com ele,de verdade.Katherine o usou e ele perdeu praticamente tudo.Ele está perdido.-Candice fechou os olhos e percebi lágrimas escorrendo o rosto dela
-Tudo bem-foi tudo o que ela disse e saiu
Por Candice Accola'
Olha só no que eu havia me metido.Eu iria falar com o Joseph.Como eu devo olhar para o rosto dele e fazê-lo voltar a ser quem ele era?Não sou mais namorada dele.Sou apenas Candice.Eu o procurei por toda parte mas não achei.Perguntei para Ian onde estaca Joseph e ele me disse que estava no quarto.Fui até lá mas ele não estava lá.O único lugar que eu não tinha procurado era o jardim,onde nós sempre íamos nos encontrar e namorar.Fui para lá e ali estava ele de ressaca e chorando.Ele não estava vomitando mas ele estava péssimo
-Oi-me sentei ao seu lado-tome este remédio,ajuda na ressaca-dei o remédio na não dele 
-Candice,eu não vou passar no teste.Sei disso
-Não diga isso.Eu vou te ajudar-eu olhei para ele mas ele abaixou a cabeça-Olhe Joseph,olhe para mim.-ele continuou com a cabeça abaixada e eu a levantei-Apesar de tudo o que aconteceu com a gente,eu me preocupo com você
-Can,olhe para mim.Olhe o que eu fiz com a minha vida.Eu nunca havia bebido tanto assim na minha vida.Você sabe disso.Eu não vou passar.
-Joseph,tome isso.Vai fazer a ressaca passar por hoje.Mas amanhã vem com tudo.-eu fiz uma careta-Você vai passar.Comigo,com o Ian,com a Nina e com o Logan.Nós vamos conseguir-eu sorri animada e ele sorriu-Agora tome logo essa pílula!-botei a pílula na mão dele e ele tomou junto com a água.-Você é meu melhor amigo hoje e sempre-ele sorriu e me abraçou 
O celular de Joseph vibrou.Ele pegou o celular,deu uma olhada e bufou.
-O que foi?-perguntei
-Katherine.Ela não me deixa em paz.
Peguei o celular e olhei para as mensagens dela.Todas as mensagens me envolvia.
-Joseph,eu não posso voltar a ficar com você.Só como amiga pois eu estou começando a ficar com outro-percebi que ele havia soltado um suspiro de decepção-Mas quero voltar a ser sua amiga e vou fazer a Katherine largar do seu pé.Eu te prometo-ele sorriu e eu o abracei-Você é o melhor amigo que alguém pode ter sabia?
-Você é minha melhor amiga e sempre será Can.Como não ser amigo de uma menina tão linda,simpática e a melhor amiga do mundo?
-Awwwwwn-eu disse o abraçando
Por Nina Dobrev'
-Eles ficam bem juntos-Ian disse sobre Joseph e Candice que estavam conversando
-Eu sei,são tão fofos-eu sorri-Mas ainda é muito cedo para dizer qualquer coisa
-Nina,Ian digam que viram a Ali,por favor.Sabe onde ela está?-Niall disse num tom apressado
-Nós não a vimos Niall mas-Ian não terminou de falar mas Niall ja havia saído correndo-Tudo bem então 
Por Alice Castro'
Meus olhos abriram e eu me vi em um quarto lindo azul.Eu estava em cima da cama e Harry estava ao meu lado.Mas tinha um pequeno detalhe:estávamos acorrentados.Eu tentava gritar mas a voz não saia da minha boca.
-Harry!-gritei mas tudo o que saiu foi um sussurro-Harry!Acorde!
Ele abriu os olhos espantado.Olhou em volta e depois voltou os olhos para mim.
-Onde estamos?-ele se esforçou para falar-Você sabe?-fiz não com a cabeça e depois ele olhou para suas mãos,pés,pernas,braços que estavam acorrentados.Ele arregalou os olhos e vi que sua perna estava sangrando muito.Nós estávamos praticamente colados,um de frente para o outro.
-E agora?-perguntei-O que fazemos?
Olhei direito para o quarto e vi que estava cheio de roupas femininas.É uma mulher,pensei.Depois eu vi uma foto bem pequena colada no armário.Olhei bem e me assustei.Era Sarah.


14/04/2014

Parte 21- I care about you


Por' Narradora
   Ian entrou no quarto e sentiu uma sensação ruim ao ver o amigo sentado na sua cama com a cabeça abaixada, olhando para o chão com os olhos vazios, e com a cara meio inchada, como se tivesse passado muitos dias sem um bom sono. Então, suspirou fundo, fechando a porta atrás de si, e andou até Joseph.
   - Você está mal.- afirmou Ian, franzindo levemente suas sobrancelhas. Joseph, assim que ouviu sua voz, levantou sua cabeça rapidamente, assustando-se com a presença do outro.- Olha, cara, você precisa parar de ficar assim, tão deprimido! Desse jeito você vai acabar coma sua própria vida!- Joseph bufou alto, e soltou uma risada com desdém.
   - Eu pensei que iria ser fácil, sabe.- começou Joseph, e depois fez uma careta.- Não pensei que iria ser tão difícil esquecer ela.- Ian, que compreendera exatamente o que ele queria dizer, suspirou fraco.
   - Você a ama, Joseph. É difícil, talvez quase impossível, esquecer esse sentimento por ela.- comentou Ian. E então acrescentou.- Mas você não pode ficar preso em seu quarto o dia inteiro, se ferrando desse jeito...?- ele hesitou então ao reparar do lado oposto a cama do amigo. Havia naquele espaço do chão uma boa quantidade de latinhas de bebida alcoólica..- Você está bebendo?!
   - Isso não é da sua conta.- respondeu apressadamente, com a voz um pouco mais alta. Ian bufou alto.
   - Não é da minha conta? Joseph, você é meu amigo, é logico que é da minha conta!- exclamou, com a voz um pouco alterada.- Aliás, onde foi que conseguiu essas bebidas?- indagou, pegando uma das latinhas nos chão. Joseph, no entanto, arrancou de maneira violenta o objeto de sua mão, e atacou o no chão com força novamente.
   - Se você veio aqui me encher, então vaza.- mandou Joseph, com a voz fria e cansada. Ian ergueu suas sobrancelhas, incrédulo com a atitude do amigo.- Ian, me deixe sozinho!- berrou novamente, agora bem mais alterado. Bufei alto e, já impaciente com tudo aquilo, fui em direção a porta com passos pesados. Virei-me pela última vez para o outro, que novamente abaixara a cabeça.
   - Pare de agir dessa maneira, Joseph! Pare de destruir a sua vida dessa maneira! Vá falar com a Candice em vez de ficar agindo como um idiota da porra!- disse isso e bateu a porta com força, deixando Joseph ainda mais furioso, mas não com o amigo, e sim consigo mesmo.


  Assim que viu Ian aparecer no pátio, Nina foi correndo até sua direção. Ela franziu a testa ao ver o namorado cerrar os punhos, parecendo estar nervoso.
   - Você está bem?- perguntou Nina, com o tom preocupado, e pegou em um de seus punhos. Ian virou-se para a namorada, esboçando um sorriso fraco, e depois deixou escapar um longo suspiro.
   - Eu estou bem.- respondeu, e depois acrescentou.- Mas Joseph não está. Acabei de tentar conversar com ele, e ele está realmente mal, Nina. Eu até o peguei bebendo!
   - Joseph está bebendo?!- surpreendeu-se Nina, arregalando os olhos.- Mas ele não bebe! Quero dizer, a única vez que o vi beber foi...- então ela hesitou, franzindo novamente sua testa, tentando se recordar da última vez que o amigo bebera.
   - Olha, o caso é que ele está muito mal mesmo! E tudo isso é por causa da Candice...
   - Você está dizendo que a culpada disso tudo é a Candice?- indagou Nina num tom um pouco alterado, levantando suas sobrancelhas.- Por que pelo que eu me lembre, foi ele quem fez cagada nisso tudo, Ian...
   - Não, claro que não!- respondeu, com um tom de horror na voz.- Eu sei que a Candice não tem culpa, e se pensar melhor, não é exatamente também culpa do Joseph! Quero dizer, eu me lembro muito bem quando ele disse para mim que fez isso porque foi obrigado pela Katherine!
   - Katherine, sempre tem que ter esse nome no meio de tudo de ruim que acontece aqui!- bufou a mulher, com raiva.
   - A Candice não poderia pelo menos tentar falar com ele?- peguntou Ian.- Eu sei que o que ele fez foi ruim, mas...
   - Eu não sei, Ian.- afirmou Nina, e então suspirou fundo.- Eu só espero que eles se entendam. Não precisa ser realmente como um casal, mas pelo menos que voltem a ser amigos...- comentou ela, com um tom mais tristonho. Ian também suspirou.
   - Eu também espero.- respondeu ele, e a abraçou de lado.

 
   Juliana entrou em seu dormitório, e assim que avistou Alice sentiu um certo sentimento de culpa. Então respirou fundo e avançou, indo em direção de Thaysa, que estava logo a frente.
   - Thaysa, vamos nos atrasar!- reclamou ela, ao ver a amiga arrumando seu cabelo, prendendo-os em uma longa trança. Ela bufou alto.- Seu cabelo é tão lindo, Thay, por que ao invés de ficar o amarrando não deixa-o todo solto?
   - Juliana!- exclamou Thaysa, quando Juliana pegara em seu cabelo e desmanchara todo o seu penteado. Ela soltara um riso perverso.- Sabe o quanto demorei para o prendê-lo daquela maneira?- resmungou Thaysa, tentando arrumar seu cabelo, agora todo bagunçado, com os dedos. E, ao perceber que não adiantaria nada tentar fazer o penteado novamente, ela bufou.- As vezes você me irrita, Ju!
   - Minha especialidade.- afirmou ela, soltando um riso fraco. Thaysa apenas rolara os olhos.- Vamos logo, então!
   - Alice, você vem conosco?
   - Não, eu encontro com vocês depois.- respondeu Alice, que estava sentado em um outro canto,segurando um caderno de veludo rosa. Thaysa acenou com a cabeça e com isso foi em direção a saída. No entanto, assim que Juliana saia, ela involuntariamente lançou um olhar de esguelha a Alice, que começara a escrever alguma coisa no seu caderno, e aquele sentimento ruim voltou-lhe a invadir.
   - Pode ir indo, Thay.- avisou ela, que já estava a alguns passos a frente, e então tornou a entrar no dormitório, o que chamou atenção da outra que estava sentada. Uma ruga formara-se em meio de suas sobrancelhas.
   - Juliana, o que você...
   - Olha, Alice, me desculpa, o.k?- pediu Juliana, deixando as palavras saírem de sua boca.- Eu sei que fui uma idiota, enchendo você dizendo coisas más sobre o Niall, e sei que as vezes dava vontade de me dar um soco para calar a minha boca, mas sabe, Alice, eu só dizia isso porque me importava com você, o.k? E eu sei que tenho um jeito duro de demostrar isso, mas eu realmente me importo com você. Me importo mesmo!- exclamou ela. Alice forçou um sorriu fraco.
   - Eu sei, Ju.- respondeu ela.- Eu também me importo com você, você sabe.
   - Então estou desculpada?- peguntou Juliana, semicerrando seus olhos. Alice soltou um leve suspiro.
   - Só... Só quero que você diga que o Niall é uma boa pessoa, Ju.- pediu ela, levantando seus olhos até a outra. Juliana, que por um momento pensou não ter entendido o que ela queria dizer, logo levantou as sobrancelhas, com certo desgosto.- Por favor, só isso que peço.- acrescentou ela. A outra bufou alto, e depois respirou fundo.
   - Certo. O Niall é sim uma boa pessoa, Ali. Quero dizer, eu duvidei que ele não fosse uma boa pessoa para você, mas fala sério, ele é o seu príncipe encantado! E agora eu sei que, sempre que você precisar, ele estará lá para te ajudar, com seu cavalo alado.- brincou Juliana. Isso arrancou algumas risadas doce da Alice.- Eu estava enganada, Ali. Vocês são um perfeito para o outro!
    - Awn, Ju!- disse Alice, sorrindo feliz, e então abraçou a amiga com força.
    - Você é a minha irmãzinha, Ali.- afirmou Juliana, retribuindo o abraço.


   - Estou tão feliz que vocês tenham se acertado!- afirmou Thaysa, assim que a primeira aula havia acabado, e o professor saído da classe. Um sorriso largo preenchia seus lábios.- É tão ruim quando vejo você tão daquele jeito, meio brigadas...
   - O que importa é que fizemos as fazes.- comentou Alice. E depois sussurrou para Thaysa.- Acredita que ela disse coisas boas do Niall?- indagou ela, o que fez a outra rir. Juliana, que mesmo não escutando sabia exatamente o que ela havia sussurrado, rolou os olhos.
   - Não espere que eu repita aquilo novamente.- afirmou ela, com um tom um pouco rabugento. E, no entanto, logo começou a rir com as duas.- Vocês são bobas.
   - Nós somos bobas.- afirmou Alice.- Bobas e apaixonadas!
   - E quem disse que eu sou uma boba apaixonada?- perguntou Juliana, erguendo as sobrancelhas. Thaysa ria descontroladamente.- O que?
   - Ah não, não é!- disse, com ironia.- Olha quem diz, a senhora Styles!
   - Cala a sua boca!- exigiu ela, com suas bochechas esquentando.- Eu não gosto do Harry! Ele é um babaca que só gosta de implicar comigo!
   - Eu acho que quem implica mesmo é você.- afirmou Thaysa. Juliana grunhiu, o que novamente fez as duas rirem.
   - Da para pararem de rirem, parecem duas hienas! E idiotas.- Juliana mostrou-se um tanto estressada com o rumo da conversa.
   - A única idiota aqui é você, Ju. Que não assume logo que ama ele e não corre atrás dele antes que alguém tome o seu lugar!- exclamou ela, porém, abafado pelo barulho da classe.
   - Eu não quero mais falar sobre isso.- afirmou Juliana, e virou-se para a sua carteira, endireitando seu corpo. Alice e Thaysa levantaram as sobrancelhas, e voltaram a cochichar coisas que a outra não fez nem questão de escutar. A verdade era que sim, ela sentia uma afeição incomum por ele, e tivera certeza disso desde o baile, não poderia negar aquilo. Só não era corajosa o bastante para admitir aquilo.


   - Aquela Tiffany é mesmo uma vadia dos infernos, ein!- comentou Harry, antes do professor entrar na classe.- Quero dizer, ela é maluca! Prender-o no quarto e obrigar a fazer sei lá o que pelados.- insinuou ele, não conseguindo evitar de esboçar um sorriso malicioso. Niall bufou alto, nervoso.
   - Você pensa que deve ter sido legal, mas não foi assim. Acredite, foi a pior experiencia que passei na minha vida.- resmungou ele, fazendo o possível para não se recordar daqueles terríveis momentos que passara com ela.- Sabe o que é ser obrigado a fazer algo que não quer? É isso.
   - Calma, Niall. Eu sei, me desculpa, beleza?- Niall rolou os olhos.- Cara, eu senti sua falta! Eu me importo com você, mesmo!- disse Harry, e num movimento rápido abraçou o amigo. Niall surpreendeu-se com a atitude do amigo.
   - Que coisa gay!- exclamou Logan, aproximando-se aos dois. Depois disso, ele deu uma risada extremamente exagerada, assustando os outros dois, que separaram-se rapidamente. Harry levantou uma das sobrancelhas.
   - Algum problema, senhor Lerman?- perguntou o professor que acabara de entrar na sala, parecendo também surpreso com a reação do aluno. Logan virou-se para o professor, balançando a cabeça, negando, e se sentou na carteira em frente a Harry. O professor suspirou e virou-se para escrever no grande quadro negro. No entanto, um pequeno sorriso ainda se formava no rosto de Logan.
   - Vixe, é isso que eu estou vendo?- indagou Harry, com a voz sussurrante, fazendo com que apenas ele e Niall escutassem também.- Nem uma bronca do professor abalou o seu sorrisinho?- Logan sorriu de lado.
   - Pelo jeito, as coisas andam bem entre você e Thaysa.- comentou Niall. Logan assentiu, sem hesitar, o que fez Harry soltar um risinho baixo. Niall franziu a testa.- Do que você está rindo? Pois você também está bem caidinho pela Juliana...
   - Cala a boca, imbecil.- exigiu, fechando a sua cara.
   - E agora tem a minha irmã te disputando.- Niall lembrou, abrindo seu caderno, a voz mais desanimada. Niall assim lembrou-se da irmã dizendo que continuaria a tentar destruir a sua vida, o que fez um calafrio escorrer até a sua espinha. Ele não a deixaria separar novamente a Alice de si. Harry bufou.
   - Nem me fala...- respondeu ele, retribuindo o tom de desânimo do amigo.

 
   A atenção da garotas foi tomada quando uma mulher alta e loira, desconhecida pelas três, entrar na classe e sentar-se ao lado de Juliana, que erguera as sobrancelhas.
   - Quem é ela...- Juliana começara a sussurrar, mas logo fora interrompida pela amiga.
   - Oi. Você é nova aqui?- perguntou Thaysa, de maneira educada. A mulher esboçou um sorriso de lado, e balançou a cabeça assentindo.- Hum, eu sou a Thaysa.- cumprimentou ela, e então sorriu.- E essas são Juliana e Alice.- disse, apresentando as outras duas.- E você?
   - Eu sou Sarah.- afirmou ela, de uma certa maneira doce. Porém, nesse mesmo instante, Alice arregalara os olhos. Ela então reparou em seus traços, e reconheceu algumas semelhanças da mulher e de seu namorado.- Prazer em conhecê-las.

  

Oee pessoaaas <33. Tudo bem com vocês? Novamente, desculpe pela demora do capítulo, mesmo! Eu simplesmente tinha me esquecido (desculpa Laura ://). Mas enfim, como estou com pressa, é só isso mesmo por hoje. Espero que tenham gostado mesmo do capítulo, e a fic continuaa o//. Beijos *-*